Aceita que dói menos!

Uma das coisas mais difíceis pro ser humano é aceitar. Aceitar a verdade, os defeitos, as opiniões alheias, os problemas e também o próprio corpo. Prova disso são a quantidade de tretas que vemos diariamente na internet, onde uma das partes quer ter a razão e foda-se o que pensa os outros.
Eu sou bem diferente. Eu prefiro não dar razão a outra pessoa, mas também não discordar. Sério. Não vejo vantagem em aumentar uma coisa que não vai chegar a lugar algum, a não ser ofender uma das pessoas com palavras desnecessárias e argumentos chulos.
Talvez eu tenha aprendido com a vida a simplesmente ignorar aquilo que não me faz bem e não acrescenta nada de útil à minha vida.
Outro dia recebi no Instagram (segue lá!) um comentário de uma pessoa me chamando de otário e que eu não aceitava a cor do meu olho, por isso usava lentes de contato azul. Tipo???
Não sei se eu deveria esclarecer algo, mas lá vai. 
Eu uso/usava lente de contato porque eu ganhei de um amigo e vi que combinava comigo; e sim: um negro de olho azul é bem diferente e eu gostei. Eu usar lente de outra cor dos meus olhos, em momento algum, significa que me odeie e não consiga mais me olhar no espelho. Simples assim.
Portanto, critique-me à vontade; vá em todas as minhas redes sociais e tente encher o meu saco, mas já adianto uma coisa: nunca vai me estressar com isso porque eu me aceito como eu sou e não preciso mudar por ninguém. 
Acho que é basicamente isso.

Aceite quem você é, o que tem na vida e, acima de tudo, aprenda a conviver em sociedade e conviver com as críticas, pois elas são construtivas e fazem com que nos tornemos pessoas bem melhores.

Posts relacionados

2 Comentários

2 Comentários em "Aceita que dói menos!"

  1. Uau!!! Vc recebeu essa mensagem? Que horror!!!
    A vida da gente é tão cheia de problemas e as pessoas ainda se preocupam com a vida dos outros. Quanto tempo livre… Credo!

  2. Houve um tempo em que eu me importava muito com as opiniões alheias. Hoje não me importo tanto, mas ainda enfrento um problema seríssimo: o medo das críticas, medo de desagradar… Uma vez fui numa psicóloga e ela me falou umas boas verdades a respeito desse meu medo, que, em algumas situações, impede de progredir.
    É muito importante se amar, aceitar as suas qualidades e os seus defeitos. Acredito que esse seja o primeiro grande passo que todo ser humano deve dar rumo à felicidade! Sobre as opiniões e críticas alheias, penso que todo mundo veio ao mundo com uma missão, e a nossa grande missão é descobrir porque viemos ao mundo. Acredito que ninguém veio com a missão de agradar o outro. Simples assim!
    É difícil não se deixar afetar pelo que pensam e/ou dizem a nosso respeito, mas o que pensam ou dizem sobre a gente não é nada perto do que você sabe sobre si mesmo. Só você conhece a sua realidade, as suas razões para ser o que é e ser como é. O julgamento que você faz de si mesmo é o que importa! O dos outros é apenas o dos outros.