Amor filho da puta

Quem nunca teve um amor filho da puta? Daqueles que te tira do chão, te fazendo voar pelo céu? Às vezes esse amor te leva pra tão alto que você mal tem tempo pra pensar nas consequências ou no impacto que terá a sua vida, quando você voltar a por os pés na terra. 
O amor filho da puta é aquele que chega de mansinho; aparece quando você menos espera ou está preparado pra mais uma aventura sentimental. Esse amor te faz rir (muito mesmo!) e chorar, mas também te traz a certeza que o sentimento da outra pessoa não é verdadeiro… mas se você está ali, recuar pra quê? 
O amor filho da puta suga todas as suas forças e te deixa cego. A partir do momento em que ele surge na sua vida, você passa a enxergar apenas aquela pessoa. E os defeitos dela somem. Na verdade, a pessoa é tão perfeita que você se julga como não merecedora de tudo aquilo. 

Ah, meus amigos! O amor filho da puta também pisa bastante em você; joga na sua cara, sem medo algum, tudo o que pensa a seu respeito. Algumas coisas podem até ser verdadeiras, mas a forma como foram ditas te magoaram e te fizeram perceber que não valeu/vale à pena tanta dedição. 
Algumas pessoas dizem que tudo na vida serve como aprendizado, então, quando se deparar com um amor filho da puta, apenas viva intensamente sempre mantendo um pé atrás. Ah! Não precisa sofrer por muito tempo por isso, pois logo a dor passará e a sua vez de pisar em cima vai chegar! 
9 Comentários

9 Comentários em "Amor filho da puta"

  1. Torcendo do fundo do coração pra que sua dor passe. Mas que bom que sua dor nos brindou com um texto-desabafo incrível como este, Adriel.
    Acompanho um pouco da sua história e só tenho a dizer o quanto desejo que de "filha da puta" você passe a ter um amor real, um amor de verdade. E fique tranquilo, vc terá.
    Um beijo!

  2. Bianca diz:

    Adorei o seu texto porque já tive uma experiência assim, na época foi horrível, mas depois percebi que essa pessoa não daria certo comigo por vários motivos e fiquei até feliz. Espero que você encontre alguém que te faça feliz de verdade.
    Beijos

    Bluebell Bee

  3. Ah o amor que coisa em?
    Ainda não achei o meu nunca amei ninguém no máximo gostei..
    Torço para que tu encontre uma pessoa que te faça muito feliz e te complete..
    bjos seu atoa..

  4. Esse texto me definiu. Nos últimos dias venho enfrentando tudo isso e só posso dizer uma coisa: dói demais!

  5. Rebeca diz:

    Essas coisas doem, mas, a boa notícia é: elas também passam. Um dia de cada vez e um pouquinho a cada hora, o amor se não for cuidado morre. Logo se torna só uma lembrança (seja ela boa, daquelas que dão saudade, ou ruim, que você nem gosta de lembrar).

    Sei bem como é. 🙁 uma hora passa.

  6. Hahaha, adorei o texto. É migs, já vivi o amor filha da puta, acabei muuito ferrada, mas pelo menos na época parecia valer a pena. Enfim, sobrevivi! 😀

    www,faltouacucar.com

  7. Nana ~* diz:

    Oi Adriel.
    Muito bacana o texto, até ri aqui porque é verdade hahaha
    Esperando minha vez de pisar, porque né … =x

    Mas sério, muita coisa que não deu certo quando eu era mais jovem, só me dei conta das respostas depois dos 20 e nem foi ruim, aliás, foi reconfortante e ate agradeci.

    bjs e tenha uma deliciosa semana
    Nana – Obsession Valley

  8. Luly diz:

    É triste porque depois de ter um amor filho da puta as pessoas decidem SER o amor filho de puta de uma próxima pessoa, aí vira um ciclo vicioso… Podia bem acabar…
    Mas tô aqui, torcendo pras pisadas do seu amor fdp pararem de doer pra você se levantar sacudindo poeira e levantando a cabeça!

  9. Juliana diz:

    Vixi, lendo isso eu tenho certeza que já tive um desses. Credo!! =/ Tem gente que nasce pra ser ruim mesmo, e pisa sem dó… Acredito que eu já tenha sido assim também com alguém 🙁

    Beijos!