Everything comes back to you!

Mesmo quando não quero pensar em ti, minha mente acaba trazendo à tona momentos do passado; situações em que marcaram aquela época em que eu te tive tão por perto. Não sei qual o lance do destino, mas ele te quis longe de mim. E ok. Vou respeitar essa decisão, pois tu também não faz questão da minha presença.

Se eu pudesse voltar no passado, acho que não teria feito nada diferente. Algumas situações eu realmente fui um babaca, em outras tu agiu como um idiota. Mas eu entendo! Tu só tinha 17 anos, ainda estava conhecendo mais um pouco do mundo…

O problema é que tu tá caminhando pra casa dos 22 anos e continua babaca. Eu tô chegando aos 24 e, nossa, como amadureci! Tipo assim: continuo gordinho, pobrinho, feinho, porém, sei reconhecer de longe quem quer entrar na minha vida só pra foder ainda mais com ela. Na tua vez, eu não imaginava que era só ilusão em troca de alguns momentos de diversão.

Continuo te stalkeando diariamente. Pois é! Ainda não perdi esse hábito. Adoro abrir tuas redes sociais e dar de cara com nenhuma novidade. Acho que é melhor assim, porque se tivesse atualizações constantes, a dor por aqui seria bem maior.

Eu não imagino a gente junto no futuro. O nosso “lance” acabou naquele último abraço que te dei. Aliás, na cartinha em que te entreguei na sua última noite aqui na cidade, eu pus um ponto final. Queria muito chorar ao te abraçar, mas, sei lá. Nada do que eu fizesse iriai te trazer volta.

Continuo por aqui correndo atrás dos meus objetivos. Continuo também torcendo pelos seus sonhos. Um reencontro seria épico, Deh! Mas deixo isso por conta do destino.

Enfim… Tudo o que faço acaba trazendo você de volta à minha mente. No passado doía muito, hoje não mais. Aprendi a conviver essa saudade, sabe? À propósito, eu te amo. Muito. ❤

Comente Comentários

Nenhum comentário em "Everything comes back to you!"