Bares e restaurantes chics: por que tão caros?

Desde quando me conheço por gente, sempre gostei de comer. Pra você ter noção, nasci com 52 cm e pesando quase 5 kg. Ou seja: sou uma pessoa esfomeada, além de #gordasafada. 😛

Também gosto de comer fora, e não: não me refiro a pegar a comida e comer na àrea. Quando digo isso, minha mãe fala pra eu pegar o prato e ir pro lado de “fora” de casa. Gosto mesmo é de conhecer novos restaurantes, bares e gordices em geral. Porém, tenho um grande problema: sou pobre. 🙁

Só pra constar: o pobre geralmente é feliz com qualquer comida-barata, que tenha um gosto legal e tals. Já alguns ricos, eles são muito abusados e quanto mais caros e chics forem os pratos, melhor pra eles. #ostentação

Eis que nos últimos meses eu estou me aventurando nesse mundo da ryqueza, por conta do trabalho. Pra quem não sabe, sou social media numa agência de publicidade, onde cuido da imagem de algumas empresas na internet. Então, se você ver fotinhas minhas em lugares chics, saiba que estou apenas trabalhando/divulgando o local. #espertasempre 

Contudo, não concordo muito com os preços das comidas/bebidas nos lugares chics. Okay que, geralmente, a estrutura do lugar é boa, a música ambiente idem. Mas, sério que devemos pagar um absurdo por algo que encontramos baratinho no supermercado?

Minha revolta se deu porque estava em um bar chic ~tentando~ me divertir com os amigos, mas levei um susto quando vi uma certa bebida por R$ 13. No supermercado, compro ela por R$ 4, e olha que o mercado deve colocar alguns impostos embutidos nesse valor.

Graças a Deus eu não sou burro e nem rapariga pra jogar fora os meus centavos, que foram conquistados com muito esforço. Então, empresário, tentem ganhar dinheiro de outra forma, e não cobrando um absurdo por algo barato. O brasileiro pode ser bobo, mas não burro.

Prefiro mil vezes andar em bares/restaurantes “breguinhas”, com comida/bebida legal do que pagar um absurdo por o mesmo. Tem a questão do atendimento também, né? Geralmente nos lugares chics o povo te olha dos pés à cabeça, te julgando e tentando saber quantos zeros você tem na conta. Lamentável.

32 Comentários

32 Comentários em "Bares e restaurantes chics: por que tão caros?"

  1. Acho um absurdo o preço de algumas coisas em determinados restaurantes….. um dos motivos na minha opinião é para selecionar melhor o público de acordo com quem eles querem que frequente né. Por aqui a maior parte desses lugares acaba falindo hehehehe
    Beijos
    BlogCarolNM
    FanPage

  2. Adrieeeel, que saudade desse blog!!! Lembrei de ti agora e não pude deixar de vir aqui correndo rs. Você trabalha em uma agência de publi? Aaai me conta como é hahahaha quero fazer publicidade <3

    Sobre o post: concordo demais. Odeio sair pra comer e ter que pagar um monte nas coisas. Às vezes me dou ao luxo, mas é complicado rs. E da bebida é um absurdo, é tipo uma água comum por R$6. Por favor, né? E tem toda essa questão de te julgarem pela aparência e tal, sempre tem aquelas pessoas que se acham e ficam te cuidando hahaha é foda.

    Beijos!

    http://www.letrasnagaveta.com

  3. hellz diz:

    Oi ADRIEL

    realmente anda um absurdo o preço das coisas. E se tem algo que eu detesto é pagar caro e sair com fome. Não tenho apenas o corpo, como a alma de gordo também u.u HAHAHAH
    fala mais sobre seu trabalho. Curti esse lance de imagem de empresas!

    beeeeeijo
    beinghellz.com

  4. Nossssssssa faz tempo que não venho aqui.
    Esse layout está maralindo!
    Olha eu sou fã de algumas padarias chics, elas tem os melhores lanches e os melhores doces, uma pena que não é sempre que eu posso comer. Por isso que eu já arrumei um point aqui na minha cidade pra comer comida barata, com direito a espetinho, pastel e batata frita com milhares de cobertura, e o melhor não pesa no orçamento.
    Um dia vou ser ryca e vou comer em todos esses lugares uahauhauahau e posso acabar explodindo também auhauahauaha, ainda bem que não sou ryca então.

    Beijos

  5. Ai, Adri, existem tantas coisas por trás desses processos… dependendo da bebida, se ela for ‘produzida’ no local, o preço mais alto é ‘correto’ e normal; em alguns casos, eles compram ingredientes separados de qualidade mais alta (preços mais altos, na maioria dos casos) e então cobram mais – lembrando que qualidade e preço alto nem sempre estão unidos… enfim, e por aí vai. Mas dependendo do caso, é absurdo mesmo! Por vezes, a cobrança maior ocorre mais pelo “nome do local”/marca do que por, de fato, uma elaboração tida. E isso é um porre. Assim como para roupas e afins, prefiro mesmo o mais barato de qualidade também incrível e às vezes até melhor, não é? É uma delícia comer em um ambiente confortável, mas quem disse que um barzinho aberto também não pode ser? Às vezes o atendimento é ainda melhor. É sempre um conjunto de coisas que vai fazendo valer. E é, de fato, uma excelente reflexão para colocar sempre em prática.

    http://www.semquases.com

  6. Aqui na minha cidade, meu restaurante favorito é o mais chic e o melhor de tudo é que o dono é super gente boa, fala com geral e o preço é super justo e comida maravilhosa. Realmente não concordo com o preço absurdo que alguns lugares impõe simplesmente por causa de um ambiente mais chique. Beijos

  7. Rackel diz:

    Concordo os preços estão absurdos e às vezes a qualidade nem é tão boa e como disse encontramos por um preço mais barato no mercado. Estou amando me arriscar na cozinha, mais barato e rende mais hahahaha Bjos ♥️

  8. Clayci diz:

    Há poucos dias estava nessa discussão com o Di.
    Como estudei finanças, adoro admirar e pensar na contabilidade dos locais que eu vou.
    Vendo como cliente eu concordo completamente, acho um absurdo pagar por um prato que ou consigo fazer em casa, ou encontro em outros lugares mais baratos..

    Mas vendo como empreendedora eu consigo entender a linha de pensamento e avaliar o custo e beneficio no alto investimento.

    Confuso né? =P

  9. Então, eu até entendo que seja mais caro que no mercado, porque tem a estrutura do lugar e todo o requinte embutido no preço. Mas mais de três vezes o valor é demais, né? Acho que eles se passam. E essa coisa do julgamento alheio é uma bosta também 🙁


    Beijos
    Brilho de Aluguel

  10. Nossa, concordo muito com você! Sorte que moro numa cidade bem do interior e tudo ainda é barato. Lembro que fui viajar e eu e meu namorado pagamos R$ 100 reais por um prato com arroz, feijão, um pedaço de carne e batata frita! Eu acho bem caro, sem contar que faço fácil em casa.

    http://www.kailagarcia.com

  11. Oi
    nem sou de sair, mais realmente os preços são um abuso já vi meus conhecidos comentar que a cerveja as vezes custa o olho da cara em determinadas festas, o povo só quer lucro,

    momentocrivelli.blogspot.com

  12. Achei um absurdo a bebida custar R$ 13. e no supermercado R$4, é um roubo. Esse é um assunto que nunca tinha parado para pensar e muitas vezes não compensa mesmo gastar tanto em lugares assim, sem contar que algumas comidas desses chiques costumam ser horríveis. heheh.
    http://virandoamor.blogspot.com/2016/08/entrevista-com-autora-audrey-carlan.html

  13. Juliana diz:

    Em alguns lugares o preço é muito abusivo mesmo.
    Geralmente procuro lugares que não sejam tão caros, mas já levei uns sustos com alguns preços. Fora que mais de uma vez já paguei caro e sai insatisfeita com a comida e/ou com fome. E se tem uma coisa que me deixa brava é gastar dinheiro a toa.
    Não entendo o porquê dessa diferença de preço tão grande. Claro que o lugar conta também, mas de R$ 4,00 pra R$ 13,00 é um exagero.

    Beijos!

  14. Por isso que eu amo Buenos Aires. Lá se come em restaurante muito chique, por pouco. Aliás, o que é caro lá é fastfood, tipo McDonald’s. Fora a cultura portenha que valoriza mais quem come bem do que quem tem o carro do ano!
    Miga, junta dinheiro e vá pra lá, que você vai voltar tão apaixonado quanto eu!

    Beijos,

  15. Oi, Adriel! Quanto tempo! Seu blog está lindo, lindo!
    Eu também adoro comer fora. Sempre que sobra uma graninha, procuro algum lugar legal pra desfrutar de uma comida gostosa e diferente, porém, não tenho coragem de pagar absurdos em lugares chics. Além disso, como você bem lembrou, geralmente nesses lugares somos avaliados pela nossa roupa/visual e eu, básica e despreocupada que sou, não me sinto bem numa situação dessas.
    Nessa hora, agradeço por morar em São Paulo, pois temos muitas opções de coisas boas e com preço aceitável.
    Beijão!

  16. Eu fico querendo morrer quando pago caro por algo mais ou menos. Ou quando não sou bem atendida 🙁 nessas horas eu faço até calculo de quanto eu gastaria para eu mesmo fazer essa comida sem passar raiva HAHAHA

  17. Bela diz:

    Aqui na Finlândia é a mesma coisa! Não é a toa que aqui é considerado um dos países com maior custo de vida. Esses eu e meu noivo fomos em uma balada e compramos uma cidra, que custou mais caro do que uma heiniken em balada D:
    A Bela, não a Fera | Youtube A Bela, não a Fera | Fã Page no Facebook