Campanha política: época de nostalgia

Tem quem goste de política, mas também há aqueles que detestam esta época com todo o coração, em que “amizades” acabam por bobeiras e outras começam do nada. No meu caso, acho é divertida as tretas e memes que surgem na internet. 😀

Se hoje levo campanha política como trabalho (sim, na agência onde trabalho temos alguns políticos como clientes!), antigamente não era bem assim. No passado, eu amava os comícios porque tinham cantores e grupos de danças se apresentando.

Não tenho a mínima noção de como funcionavam os comícios nas cidades grandes, mas aqui no interior… siá, era ruas fechadas, trio elétrico no meio da rua, candidato prometendo uma cidade perfeita e, após todas as mentiras, haviam os shows das bandas regionais.

Preciso mesmo dizer que dançava axé e forrozão até o chão, soando o rego? Amiga, aqui no Norte era mais ou menos nesse estilo: perninha pra cá, budinha pra lá… 😛 

Mas o que mais me marcou na infância, durante as campanhas políticas da minha cidade, foi quando eu fiz parte de um grupo de dança (!). Sim, já fui bailarino profissional, chegando a me apresentar pra milhares de pessoas.

Até hoje não esqueço do jingle: “vote, vote, vote, vote no Flávio. 17 mil 999. Deputado federal, Flávio do Detran, 17 mil 999…”. [Nessa parte do número do candidato, eu tinha que empinar o popozão e descer até o chão. Agora imagina aí a cena de terror.]

Não, eu não tenho vídeos tampouco foto desse momento constrangedor. Porém, tenho certeza de que quando eu for no faustão, meus pais e amigos farão questão de lembrar desse momento, então, fica aqui a minha versão. 😉

(Não sei por qual motivo iria no Faustão, mas, né, vai que Deus me abençoa, fazendo com que eu lance meu livro por lá. Sonhar não custa nada. #aloukan)

P.S.: E colecionar santinho de candidato? Quem nunca saiu correndo atrás do carro de som pra pegar? Eu fazia coleção, minha gente! 😀

20 Comentários

20 Comentários em "Campanha política: época de nostalgia"

  1. Simone diz:

    HAHAH fazer coleção eu nunca fiz, mas quando eu era menor os comícios lá em Minas tinham Show também, eu amava, para mim era uma festa. Hoje em dia eu fico é rindo das musiquinhas que alguns políticos fazem. Tem uma aqui que é inspirada na música da metralhadora, outra é no pintinho piu (não da para entender nada kk), na BOUA não dou credibilidade. E os nomes?? Tem um candidato que se chama XIMBICA – MORRÍ. kkkkk
    Beijos

  2. carol sena diz:

    cara nem imago você empinando o bum bum e descendo ate o chão, mas deve ter sido bem divertido, onde eu morava no Pará era bem assim mesmo, e também,lembro da época que tinham os ‘showmicios’ eram super legais. haha

    https://www.youtube.com/watch?v=B5hsa_IMTXc

  3. Eleição em Porto Alegre é um caos. É carro de politico se aproveitando das tardes de descanso pra passar com carro de som… Gente, vida de cidade grande é correria, passou carro de som na minha rua eu anoto o número que é pra não votar no candidato. Pra mim candidato que não respeita o sossego alheio não merece nenhum cargo político.

    Nunca fiz coleção de santinho, não me pergunte porque, quando criança eu tinha o costume de gritar o nome da oposição quando os candidatos passavam de carro pela minha rua, isso me divertia huahsuhu

    Queria ver cenas desse momento constrangedor de você dançando nas campanhas políticas, deve ter arrasado!!!

    Pink is not Rose

  4. Nequeren Reis diz:

    kkkkkk a pura verdade, esses caros só passam quando estamos no melhor
    do sono e tudo de uma vez nem sei quem é quem
    Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

  5. HAHAHAHAHA socorro, esse posttt! Por aqui não tem nada de trio elétrico, muito menos shows e música pra rebolar a raba, só tem uns carros que passam com os jingles no último volume quando tu tá naquele momento mais relax da tarde (odeiooooo) e vários panfletos no chão </3
    Um beijão,
    Gabi do likegabs.blogspot.com ♡

  6. hellz diz:

    oi adrieeeel

    HAHAHAH cara, eu lembro desses showmícios. Como moro em interior, a farra aqui também era grande. Lembro um ano que até é o tchan veio pra minha cidade, observe :B
    não curto muito política, só participava quando meu emprego dependia disso (trabalhava em prefeitura). Agora que me libertei já tô puta por ter de sair de casa amanhã pra votar u.u

    beijo
    beinghellz.com

  7. Silvana Crepaldi diz:

    Olá, Adriel.
    Antigamente a coisa era bem mais legal mesmo. A gente ganhava camiseta que usava ano não todo para dormir hehe. Tinha chaveiro, canetas, bonés. Hoje em dia é só santinho e do bem pobrinho hehe. Eu acho um absurdo esse povo que brigam no facebook por causa de candidatos e partidos. terminam amizades por causa de pessoas que a gente nunca nem vai conhecer mesmo hehe.

    Blog Prefácio

  8. Sou como você, Adriel! Prefiro curtir uma boa treta e uns bons memes do que ficar discutindo sobre política. Acho que cada um tem sua opinião e não se deve discutir isso, é como religião. Acredita que nunca fui a um comício? Nooossa, cara, eleição aí é muito diferente das daqui, sério, desde que eu era mais nova, nunca vi nada desse tipo aí divertido em época de eleição, na verdade aqui sempre foi bem chato, principalmente esses carros com som repetido do número do candidato, hahaha! A agência onde faço estágio é de frente pra rua né, daí toda hora tava passando um carro tocando um funk de um candidato aí que ficava passando toda hora e a gente ficou com a música na cabeça, hahaha! Era horrível, hahaha! Espero que agora acabe. Sei que teve uma edição aí que tinha uma candidata que era “22002 VEM COM A MÃE LOIRA” hahahahahahha que era uma funkeira, só sei que até hoje todo mundo sabe essa música, ouve aqui: https://youtu.be/0mKmo3C4NUk?t=118 HAHAHAHAHHA depois me conta!!! HAHAHAHAHAHHAHAHAHAHA!

    Beijos!

  9. Mentira, até show? Confesso que aqui em São Paulo, no bairro onde eu moro, nunca vi nada. No máximo pessoas entregando folheto, principalmente em dia de eleição. Fico puta com a quantidade de papel no chão.

    Beeijos, Love is Colorful

  10. Oi
    nossa antigamente aqui tinha show também e uma vez veio até o rouge e a dupla que o filho do Leonardo tinha, foi uma experiência horrível porque tinha muita gente mal educada assistindo. Nunca fui de puxar saco para nenhum politico, nem cantar jingle, usar camisetas. Hoje eu trabalhei nas eleições. como 1 secretária

    momentocrivelli.blogspot.com