Cinquenta tons de cinza: livo x filme

Na internet não se fala em outro assunto a não ser a estreia do filme “Cinquenta tons
de cinza”, baseado no livro de mesmo nome da escritora E. L. James. O livro,
na verdade, faz parte de uma trilogia e ficou bem conhecido no Brasil no ano de
2012/2013, quando se tornou o queridinho das mulheres (e de alguns homens
também, claro!).
Várias outras histórias eróticas surgiram desde então, contudo, nenhuma
barrou o sucesso que Christian Grey conseguiu… Abaixo você confere a minha opinião sobre livro e o filme, que estreou
nessa última quinta-feira, 12
.
Meu livro tá bem velhinho porque foi comprado em 2012 (1º edição) e todas as minhas amigas(os) pegaram emprestado.
Cinquenta tons de cinza – livro
 
O livro conta a história de Anastasia Steele, uma estudante de literatura inglesa que teve que substituir uma amiga numa
entrevista com bilionário Christian Grey. Ele é um homem atraente, inteligente e
muito dominador. Após a entrevista, a jovem percebe que está atraída pelo Christian e,
felizmente, ele também se sentiu atraído pela beleza “exótica” e a timidez dela.
Daí em diante o livro foca no relacionamento dos dois e bla bla bla. Sinceramente, a leitura é entediante por conta do excesso de detalhe. Demorei trocentos dias para terminar
o livro.
Cinquenta tons de cinza – filme
Se o livro é chato, a gente espera que o filme seja ruim também, né?!
Quando saia os trailers, eu sempre achava que seria uma porcaria porque eles só divulgavam cenas de sexo. Porém, o filme me surpreendeu e frustrou todas as minhas
expectativas de que seria o pior longa do ano.
O filme é ótimo e segue perfeitamente o livro, deixando de fora aquelas partes desnecessárias
que a escritora colocou na história. Como o livro era cheio de detalhes, isso ajudou bastante o diretor Sam Taylor-Johnson na gravação das
cenas.
Sobre as cenas de sexo, confesso que o filme seria ótimo mesmo não
tivesse elas. O diretor tentou mostrar no filme uma história de
amor e não sexo, tanto é que a gente termina de ver o filme com aquela curiosidade
para saber se eles vão ficar juntos ou não.
Resumindo tudo: o filme retrata um amor obsessivo de
ambas as parte, sem muitas cenas de sexo. Cinema não é lugar de
ver pornô, né?! 😉
Sim, vale super à pena conferir o filme, já o livro…
20 Comentários

20 Comentários em "Cinquenta tons de cinza: livo x filme"

  1. Si diz:

    Eu não li o livro. Mas assisti ao filme, mas acabei rindo muito com os comentários na sala de cinema. Rs
    Beijos e carinhos, fica com Deus

  2. Wanessa diz:

    eu só li o livro e ainda não assisti ao filme. Nem tô com aquela vontade louca de ver pq já tá dando é raiva desse povo comentando sem parar kkkkkkk
    Vou assistir depois que passar a febre, por enquanto vou dá valor a filmes que tem mais credibilidade né?
    bjokas http://diadebrilho.com

  3. Oi Adriel! Na verdade eu não achei o livro cheio de detalhes, e sim com uma escrita muito pobre e repetitiva, e a personagem se colocando pra baixo sempre é um tanto irritante. Como no filme não temos o pensamento dela, realmente se tornou mais interessante. Infelizmente a autora não deixou alterarem o texto, então temos um belo exemplo de uma rica direção com um texto pobre de conteúdo.

    Beijos,
    Belle Hendges

  4. Oi, Adriel! O que me irritou no livro foi o excesso de descrições (acho que aí entram os detalhes que vc citou). Tbm não achei que foi uma historia que desse pra comprar, que eu acreditasse que pudesse acontecer na vida real. Mas, ainda assim, achei ótimo terem lançado o livro pq abriu espaço para outros nesse estilo e principalmente a mulherada parou de ter tanta vergonha de assumir que lê esse tipo de historia e que gosta de ler/ouvir/ver cenas de sexo, sim.
    Enfim… Amanha vou ao cinema e depois conto o que achei.
    Beijo!

  5. Ainda não vi o filme, mas já li o livro. Não gostei nenhum pouco do livro por causa desses montes de detalhes, vamos ver o que vai acontecer com o filme…

  6. também não vi nenhum mas estou curiosa pra saber como vai ser…
    verei os dois depois vou dar a minha opnião sobre!!!

  7. Anne diz:

    Eu não vi o filme ainda, e o livro só me interessei em começar a ler na semana passada. Praticamente pulei as primeiras 200 páginas e fui lendo pedaços quase até o final. Resumindo: não amei, achei os personagens um porre de chatos (e por isso mesmo nascidos um para o outro), e nem sei quando/se vou realmente ler inteiro.
    O filme teve todo um alvoroço envolvido, então acho que vou assistir, mas a expectativa tá bem baixa…
    Beijo

  8. Oi Adriel!
    Eu li a trilogia Cinquenta Tons de Cinza em 2013 os três em 2 semanas hahahaha Ainda não vi o filme acho que farei isso na semana que vem, acredito que o filme vá ser bom sim e que ele vá seguir bem o plano de fundo do livro, mas não vou negar que fiquei meio decepcionado pela "sensibilidade" que ele deram ao relacionamento de Ana e Christian, passando bem longe do que realmente acontece no livro, não falando das cenas de sexo, mas sim do sadomasoquismo que todos nós inclusivo os que não leram, o livro sabem existir na história!!

    Xo
    Alisson
    Re.View

  9. Hey, adorei a página! os posts são muito bacanas. Ainda n vi o filme, mas gostei bastante dos livros! Abraço e sucesso!

    http://htfashion.com.br/

  10. Danni diz:

    Adriel!

    Eu confesso que devorei essa trilogia, lá em 2013, logo quando lançou. Não acho que seja uma obra bem escrita, mas a história me prendeu. Eu até ia assistir ao filme essa semana, mas fiquei meio doente então vou tentar ir semana que vem. Não estou com muitas expectativas, mas pelos teus comentários e pelo que já li na internet, acho que vou gostar. Idolatro o Jamie Dornan então tenho que conferir 🙂

    Beijos <3