Encontrando paz no interior

Quem me acompanha aqui no
blog e nas redes sociais deve ter percebido que eu ando/andava numa fase bemcomplicada… Dentre as primeiras medidas que tomei, uma delas está em explorar
mais o espaço onde vivo, não deixando assim a deprê me abater.
Nesse último fim de semana,
por exemplo, saí da rotina e coloquei o pé na estrada. Isso mesmo: fiz minhas
malas (de última hora, pra variar) e fui “descansar” no interior, na casa de
uns tios. O destino escolhido foi a cidade de Wanderlândia aqui no Tocantins,
que fica a 50 km da minha cidade (cerca de 30 minutos de carro). 

Moro também no interior, mas a minha cidade é um pouquinho maior que Wandeka, que tem apenas 10 mil habitantes. Tipo: lá todo mundo se conhece e todos que chegam são bem acolhidos. <3

Assim que cheguei em
Wanderlândia, minha prima fez questão de me mostrar a cidade, os pontos mais
importantes/lindos… Confesso que não dei muita atenção ao Cristo Redentor e
nem ao lindo campo de futebol, mas às praças… Foi tipo amor à primeira vista!
<3
A cidade é cheia de praças,
do tipo que você encontra uma diferente a cada esquina que passa. Tive a
oportunidade de sentar no banco de todas, inclusive no gramado. #coisadelouco Hahahaha! 
Nessa mini-viagem eu também
resolvi deixar em casa meu laptop e levar apenas o que eu achava necessário,
como trocentas peças de roupas e milhares de livros.
Não, não vesti todas as
roupas e nem li todos os livros, mas comecei a ler “Amar de olhos abertos”, de
Jorge Bucay e Silvia Salinas. O livro é ótimo e com certeza vai ganhar resenha aqui no blog. (Spoilers: ela vai ajudar muita
gente que se entrega de primeira a qualquer pessoa que aparece pela frente!
). 

Resumo do resumo: foi através dessa minha ida ao
interior que eu entendi que as coisas mais simples são as melhores. Foi lá em
Wandeka que eu fiz novas amizades (alô, filha e motorista do prefeito!),
descobri que quanto mais humilde você for, mais pessoas gostarão de você. Claro
que eu não precisava sair da minha cidade pra saber dessas coisas, mas é que
tem gente que só aprende assim. Voltei à rotina bem melhor, feliz e com certeza
de que já quero todo fim de semana encontrar os meus novos amigos. 

Ah!, também foi lá no interior que eu refiz os meus
planos para este ano e evitei todos os dias (!) pensar na pessoinha.
#tômelhorando

E como foi o fim de semana de vocês?! 😀  
13 Comentários

13 Comentários em "Encontrando paz no interior"

  1. Oie!
    Meu namorado mora no interior mais interior de onde eu moro (heh) e tbm sinto um pouco disso que vc falou. Sou muito bem recebida quando vou pra lá, todo mundo se conhece, se cumprimenta (apesar de ser uma cidade grande só com cara de interior). Tm adoro os parques, as praças e as lojinhas de lá, me faz bem, sabe?
    Um beijo, Adriel! Espero que continue nesse ânimo bom que tô sentindo através desse seu post 😉

  2. to precisando super fazer isso, eu tenho um sonho de morar em uma cidade pequena, se possível aquelas que tenha no máximo dois bancos, dois mercados, dois de tudo sabe kkk, amo Recife, mas o trânsito, a correria que a cidade ta se tornando não me agrada muito.

    Abraços, Edwin.
    http://www.oquefaltou.com|Facebook|Twitter|Instagram

  3. Ai, praças… Queria tanto que aqui no Rio a gente tivesse mais praças revitalizadas, com gramado gostoso para a gente sentar, ler um livro, fazer um piquenique… Seria maravilhoso!!!

  4. Wanessa diz:

    olha que beleza, essa viagem veio em boa hora!
    Gostei das mudanças e da dica do livro.
    A questão da humildade é fundamental, gostei das palavras que você escreveu sobre 😉
    bjokas e boa semana http://diadebrilho.com

  5. Bianca diz:

    Qualquer viagem também faz com que eu me sinta muito bem. Que bom que você fez novas amizades e aproveitou seu fim de semana!
    Beijos

  6. Danni diz:

    Queria eu ter a opção de viajar para um lugarzinho tranquilo assim no interior…
    Adoro viajar, sempre vejo as coisas sob uma nova perspectiva quando volto 🙂
    Meus dias ultimamente são voltados para leitura,
    às vezes prazerosa, às vezes obrigatória (porque estou estudando para um concurso), mas é algo que realmente amo fazer.

    Fico mega contente em saber que às coisas estão melhorando para ti e que você está deixando de pensar na pessoinha rsrsrs

    Abraços! <3
    PS: Que capa linda desse livro *—-*