Estilo de vida alternativo

Quando fomos lançados ao planeta Terra, certamente todos os nossos caminhos já foram traçados. Sendo assim, não há muito com o que se preocupar. De qualquer forma, é inevitável a gente não se pegar pensando sobre o ritmo em que levamos tudo na vida, né? Eu, pelo menos, sempre estou pensando sobre esse lance.

Outra coisa que chama bastante atenção é a divergência de estilos de vida. Enquanto há aqueles preocupados com tudo (meu caso), existem também pessoas que só querem compartilhar um pouco da sua arte. Justamente sobre esse assunto, uma fotógrafa daqui de Araguaína resolveu fazer um ensaio sobre o estilo de uma gente bastante julgada/excluída pela sociedade: os hippies/folks.
A imagem acima, bem como o ensaio fotográfico disponível lá no Facebook, foi clicada pela fotógrafa Letícia Souza, bastante conhecida aqui em Araguaína. De acordo com a profissional, ela sempre teve curiosidade em saber como era a rotina dessas pessoas consideradas “diferentes” por a maioria da sociedade. “Sempre tive interesse em saber o porquê e o que levaram elas a viverem daquela forma [mudando de cidade o tempo inteiro, meio que nômades]. No fundo, eu sentia que era por questões de liberdade, de vivenciar o simples da vida”, afirmou.

Na maioria dos casos, os hippies saem pelo mundão justamente pra aproveitarem um pouco o que a vida tem a oferecer. Afinal, tudo passa tão rápido e, sinceramente, viver na mesmice é um saco. Acho que, diferente do que muitos pensam, eles não têm nada de loucos, e sim espertos.

¨O nosso objetivo é fazer com que, em meio a esse caos e stress do trânsito, possamos conseguir tirar um sorriso, levar algo positivo para as pessoas… Levar paz”: essas foram as palavras ditas por os hippies daqui da cidade à fotógrafa. <3

No fim, nosso destino é o mesmo e o que conta de verdade são as experiências que tivemos ao longo da nossa permanência por aqui. Queria eu ter coragem pra sair fazendo um mochilão pelo mundo…

Pra quem se interessou pelo ensaio e o relato completo da fotógrafa, corre lá no Facebook da Letícia.Ah! Parece que vai ter um mini-documentário sobre os hippies também.

 Um beijo! 
49 Comentários

49 Comentários em "Estilo de vida alternativo"

  1. meu sonho sair por ai vendendo arte e só vivendo um dia de cada vez, mas eu ia morrer de fome por que não sei fazer arte 🙁

    menina linda da foto <3

    http://entrevereviver.blogspot.com.br/

  2. Nossa que legal, nunca parei para entender a história deles, mas muito legal essa questão de ir aproveitar os momentos e levar alegria as pessoas, isso é muito bom, e muita esperteza.
    Porque como você mesmo disse, nós só ficamos nessa mesma mesmice, e isso faz com que mal aproveitamos a vida.
    Bjs

    http://www.jayhanadenardi.blogspot.com.br

  3. Adorei, Adriel!
    Sempre vi os artistas de rua (seja no transito ou na feirinha de artesanato) com os olhos da liberdade. Deve ser uma delícia poder viver a vida sendo quem você é, sem medo de repreensão.
    Um beijo!

  4. Oi, Adriel!
    Que legal você vir mostrar o trabalho da fotógrafa pra gente!
    Conheço muita gente com esse estilo de vida, até porque faço Biologia, e pessoas com esse estilo é o que não falta no meu curso. A diferença é que eles não são nômades, já que devem fazer a faculdade, mas sempre tentam viver esse estilo de vida mais liberal e sem preocupações, sem julgamentos, sem "fazer porque a sociedade diz que tem que ser assim"… acho legal, mas acho que não consigo ser assim, apesar de nutrir amizade com alguns desse pessoal, não conseguiria ter esse estilo de vida haha
    Beijoss
    http://www.vidaemmarte.com.br

  5. Eu também queria ter coragem e sair aí pelo mundo, deve ser uma experiência maravilhosa!
    Sempre achei essas pessoas livres e, sem dúvidas, devem ser bem felizes 🙂

  6. Adoro esse estilo de vida alternativo e dá pra ver que essas pessoas buscam mesmo é a liberdade de viver. Acho isso um máximo! Enquanto a gente tá se matando pra ter várias coisas materiais, eles tão felizes com o pouco que tem (com o que tem material né, porque a bagagem cultural deles deve ser uma coisa de louco hahah).

    Bjs
    oh, wow, lovely ❁

  7. Qualquer pessoa que viva fora dos padrões comuns da nossa sociedade é julgada de forma negativa.
    Mas eu admiro quem tem essa coragem.
    Lindo o ensaio, parabéns para a fotógrafa!

    Beijo

    http://www.ooutroladodaraposa.com.br

  8. Acredito que todas as culturas tem sua beleza, mas uma das que mais me chama a atenção são a dos hippies, tanto pelo estilo, quanto pela forma calma e linda de ver a vida que eles tem. As fotos estão muito lindas mesmo!
    Beeeijos <3
    Livros, Amor e Mais

  9. QUe legal, Adriel! Primeiro que as fotos dela são lindas, né? Adorei! E nossa, para mim eles é que vivem mesmo a vida! A gente fica tão preocupado com tudo (ainda mais os ansiosos) que deixa tanta coisa boa passar… Queria eu poder fazer mochilão também, seria tão legal! Vamos juntooooos Adriel hahahahaahah! Beijossss <3
    http://www.amandapaduan.com.br

  10. Ari C. diz:

    Apesar de me preocupar com tudo igual a você e viver na correria, é meu sonho passar um tempo assim… meio "hippie", sabe? Não to dizendo que eles não tenham preocupações, mas do meu ponto de vista, esse estilo hippie é um modo mais tranquilo de viver aproveitando tudo, é bem interessante.

    http://livrosamoremais.blogspot.com.br/

  11. Pessoas maravilhosas! Artistas são chamados de loucos por pensarem fora das caixas, mas só saindo delas é que temos evolução. Simplesmente adoro cada vez mais os temas das suas postagens, Adri! Temos que saber enxergar melhor os talentos alheios, se pensássemos que em cada um existe o começo de uma história de sucesso, talvez mais gente fizesse questão de fazer parte.

    SEMQUASES.COM

  12. Carol diz:

    Gosto muito do jeito de ver a vida deles e admiro a coragem de sair pelo mundo seguindo a sua filosofia.
    As fotos são lindas!
    Beijos
    BlogCarolNM
    FanPage

  13. eu sempre vejo eles por aqui por floripa, a maioria da argentina. acho bem interessante esse estilo de vida nômade, mas não necessariamente precisa ser "hippie", pode ser livre, econômico, cabeça aberta, mas pode ter "outra cara" e "outro jeito", sabe? gostei bastante de saber da história dela, tenho muita vontade de largar tudo e me jogar no mundo hehe
    a vida é uma só, né?


    beijos
    brilhodealuguel.com

  14. Oi Adriel!!
    Apesar de ser bem comum, também tenho essa curiosidade sobre a vida das pessoas "diferentes" rsrsrs. O trabalho da Letícia é muito bonito. Escolher uma vida mais tranquila é uma dádiva nos dias de hoje, né?!

    Bjos
    JuJu
    http://www.asbesteirasquemecontam.com.br

  15. Cris diz:

    É realmente um estilo de vida incrível, mas também não tenho coragem de fazer isso, principalmente porque eu teria que ficar longe das pessoas que eu mais amo e que não iriam, então prefiro ficar quietinha por aqui mesmo hahahaha
    Beijos! =**

  16. Queria eu ter coragem e dinheiro pra sair viajando pelo mundo assim. Aqui não são hippies que ficam no sinal fazendo essas artes, na verdade são menininhos de uns 11 à 15 anos, uns pra pegar dinheiro e comprar drogas, outros pra comprar comida mesmo.

    Beijos!
    http://www.likeparadise.com.br

  17. Bianca diz:

    Lindas essas fotos! Como sou totalmente o oposto, admiro muito quem consegue sair assim, estando cada hora em um lugar diferente.
    Beijos
    Bluebell Bee

  18. Eu tenho vontade de largar mão de tudo e viver da minha maneira, sendo como Deus nos fez para ser mas tenho um medão, nos dias de hoje.
    Tenho certeza que o farei em um futuro próximo!

    | A Bela, não a Fera |
    | FB Page A Bela, não a Fera|

  19. Achei as fotos lindíssimas e o texto é mesmo o que eu penso e tento explicar para as pessoas. Ouço muita gente chamando-os de vagabundos por aí, mas acho que eles são muito mais espertos do que muitos de nós, eles estão aí para ver e aproveitar o que a vida tem, deve ser um alívio não ser tão apegado a coisas materiais. Sempre me encanto quando os vejo por aí. Adorei o texto e as fotografias <3

    http://www.obstrelando.com

  20. Que interessante o post, adorei! Queria ter dinheiro para fazer um mochilão pelo mundo haha. Viver assim dever ótimo!
    Beijos!
    http://virandoamor.blogspot.com.br/

  21. Hellz. diz:

    Se você criar coragem de fazer o mochilão pelo mundo, me chama que eu super vou! HAHAHAH

    Achei super legal o olhar do fotógrafo de trazer pessoas tão good vibes e de boa em meio ao caos da cidade.

    beijo
    beinghellz.blogspot.com

  22. Ao meu ver o tempo deles passa mais devagar, mais bem aproveitado e melhor do que o nosso!!! Sem pressa, sem aquela preocupação louca com o amanhã. Só aproveitando a vibe <3
    As vezes queria ser assim tbém 😀

    ❥Blog: http://www.amigadelicada.com

  23. Oi, Adriel! Gostei tanto desse post. Eu já tive minha fase "riponga" e sempre os admirei muito. Em Ribeirão Preto tinha uma praça onde os hippies ficavam vendendo artesanato e, sempre que possível, lá estava eu sentada na calçada entre eles, trocando a maior ideia! Tenho inveja dessa liberdade, desse desapego de coisas materiais e a busca por algo mais verdadeiro.
    Você acha mesmo que já viemos ao mundo com um caminho traçado? Eu não… rs. Sendo assim, qual seria então nosso objetivo, e onde ficaria nosso livre-arbítrio? Acho que vamos trilhando nosso caminho, escolhendo o que mais nos convém ao longo dessa caminhada e, no fim, colhemos os frutos (ou não) dos nossos atos. Enfim… podíamos ficar horas falando sobre isso.
    As fotos são muito bonitas, amei!
    Um beijão.
    Fê Cardoso
    http://www.baseadoemlivros.com.br

  24. Acho eles lindos e corajosos, se meu marido fosse hippie já estaria no mundo a fora
    http://www.charme-se.com

  25. Um das minhas maiores e mais importantes metas é viajar, não importa pra onde. Eu quero sentir, nem que seja apenas uma vez, o gostinho que é estar em um lugar pela primeira vez. <3

    Abraço,
    omundodemis.blogspot.com

  26. Ás vezes você olha preocupado, e até com pena. Se pergunta como a pessoa terminou assim, mas é um pensamento errado por muitas vezes. A pessoa escolheu e está bem vivendo assim. Acho que é porque vivemos naquele padrão e tudo que sai dele parece muito errado né. ótima discussão.
    Beijoos

    http://www.pudimengorda.com.br/