Filme: O jogo da imitação

Duração: 01h54
Ano: 2014
Sinopse: “O jogo da imitação” foca na história do homem que criou o primeiro computador do mundo, ainda na 2º Guerra Mundial. Trata-se do britânico Alan Turing, gênio matemático e nome fundamental às ciências da computação. O filme se estende aos anos posteriores à guerra, quando Turing foi criminalmente processado por ser homossexual no início da década de 1950.

O filme “O jogo da imitação” é uma cinebiografia da vida de Alan Turing, o inglês que criou o primeiro computador do mundo, ainda na época da 2º Guerra Mundial. Ele era um matemático e criptologista inglês que tornou-se bastante conhecido em Manchester, no século XX.
Em 1939, o Reino Unido declarou Guerra contra a Alemanha. Turning foi trabalhar no centro britânico de quebra de códigos, sob poder superior de um comandante. Porém, ao discordar da visão do mesmo, Turning assumiu o comando da equipe para decifrar o código nazista usado em mensagens escritas a partir da máquina Enigma.
Havia um problema: todos os dias, às 06h, a primeira mensagem era interceptada e, a partir dessa hora, os especialistas tinham dezoito horas para decifrar o código, pois, à meia noite, o código mudavam e eles precisam começar tudo do zero. Enquanto o resto da equipe tenta decifrar o Enigma na ponta do lápis, o matemático dizia estar desenvolvendo uma máquina que poderia fazer isso de forma muito mais fácil. No caso, ele estava dando os primeiros passos na criação do computador.
Após muita história e algumas dificuldades, o Alan e sua equipe finalizam o projeto da máquina que conseguiria decifrar os códigos com bastante facilidade, fazendo com que a Guerra fosse encurtada em 2 anos e mais de 14 milhões de vidas não fossem mortas.
Mesmo ajudando tanta gente, o Alan foi bastante criticado na época. É a partir daí que o filme muda o foco e parte pro lado pessoal.
Alan Turing era homossexual e naquela época essa prática era crime. Por isso, ele foi condenado podendo escolher a prisão ou a castração química. Ele optou pela castração, onde teria de tomar hormônios femininos que fariam seu órgão sexual não funcionar mais e também seios começariam a crescer.
O filme termina nesta parte informando que ele morreu em 1954 por envenenamento por produto químico (cianeto). Alguns historiadores afirmam que ele cometeu suicídio, já a mãe do Alan garante que foi acidentalmente, já que ele usava com bastante frequências esse tipo de produto.
O que mais choca em toda a história é que em 2013 a Rainha Elizabeth I emitiu um documento “perdoando” Alan por ter sido gay. Tipo????
De verdade, se eu pudesse conversar com a Alan Turing, eu só diria: MUITO OBRIGADO. Cara, muito obrigado por ser tão inteligente e ter pensado no próximo ao criar a Máquina Turing, o que chamamos hoje de computador.
12 Comentários

12 Comentários em "Filme: O jogo da imitação"

  1. Wanessa diz:

    esse filme é muito bom! Assisti ele na época que estava concorrendo ao Oscar 🙂
    Sempre recomendo ele pra assistirem.
    bjoka http://diadebrilho.com

  2. Bianca diz:

    Esse filme está na minha lista do Netflix há algum tempo, fiquei com muita vontade de assistir depois do seu post.
    Beijos
    Bluebell Bee

  3. Eu descobri agora que ele é meu herói! Sem a criação dele e não seria nada hahahahaha
    Vou procurar o filme com certeza!

    http://www.vidacomplicada.com

  4. Nossa, já tinha ouvido falar desse filme, mas nem tinha dado muita bola para ele. Mas agora lendo a sua resenha fiquei super interessada nele, parece ser genial. Ele deve ter passado por cada uma né?! :/ Mas vou ser eternamente grata a ele pelo computador, hahah ♡ Adorei o post! Beijoos ♡

  5. Eu vi esse filme no ano passado e adorei. A história é muito envolvente. <3

  6. Anônimo diz:

    Eu achei que eles deveriam ter explorado mais a história no fim. Ficou vários pontos controvertidos. Eu mesmo fiquei na dúvida. Mesmo assim, gostei!