Mais uma carta

Outro dia parei pra pensar sobre a minha vida e o rumo que ela tomou desde quando eu te conheci. Juro que não estou muito triste por você ter me abandonado. Nós somos livres, né? Cada um faz a escolha que achar melhor pra si. 
Mas, eu sinto saudades dos seus carinhos e dos abraços forçados. Na verdade, eu sinto saudades de tanta coisa. 
Sinto saudades do seu cheiro; de bagunçar o seu cabelo e ouvir a sua voz no pé do meu ouvido; ah!, como eu adorava te abraçar e esquecer do mundo durante as minhas fugidinhas de madrugada. 
De tudo, o que eu sinto mais saudades é dos seus beijos.  Até hoje eu fico lembrando de como foi o primeiro tocar do nossos lábios. Eu poderia simplesmente passar o dia inteiro lembrando disso, mas há uma ferida dentro de mim que precisa ser curada, e não dá pra cicatrizar se eu ainda te manter no meu pensamento. 
Confesso que tudo começou rápido e eu jamais esperava que fosse acabar tão rápido. Será se foi só uma paixão de verão? Duvido muito que seja, porque aqui ainda há sentimentos (fortes, por sinal) e dizem que a paixão passa rápido. 
Se eu pudesse voltar no passado, teria te mostrado tudo o que sou… mas eu acredito que eu dei o melhor de mim e mostrei as melhores (e piores) partes da minha pessoa. Coube a você decidir se iria ficar ou partir de vez.
Pela forma como estamos, você parece ter decidido partir e explorar novos mundos. Nada mais justo. Eu entendo. 
Eu vou continuar aqui no meu canto, juntando os cacos pra reconstruir meu coração. E eu prometi a mim mesmo que esse foi o último relacionamento em que eu me doava completamente. A partir de agora, não irei procurar nada e nem ninguém, e pensarei milhares de vezes antes de aceitar algo “sério”. 
Cansado. Estou cansado de ser enrolado, de me doar de mais e só receber ingratidão em troca; estou cansado de sempre dedicar todo o meu amor e atenção e, em troca, receber desprezo. 

Seja feliz aí.

5 Comentários

5 Comentários em "Mais uma carta"

  1. gostei muitíssimo do post, parabéns pelo texto! 😀 beijos

  2. Bianca diz:

    Poxa, sinto muito que seu relacionamento tenha acabado 🙁 Sei como essa fase é difícil, mas espero que se sinta melhor e supere isso tudo logo.
    Beijos
    Bluebell Bee

  3. Jéssica diz:

    Tava escrevendo aqui e a parada sumiu! hahaha
    Retornando…
    Ahh, não tô podendo com esses textos não!
    Se eu fosse um x-men meu superpoder seria me foder o tempo todo! haha
    Mas não fica assim não, isso tudo passa e nos dá experiência pra não fazer cagada na próxima.

    Beijos 🙂

  4. Você falou sobre cheiro. Incrível como mexe com a gente, né? Adoro chegar em casa depois que voltei de Limeira e ainda sentir o cheiro dele na minha roupa…
    E sobre cicatrizar, ok, se ficar cutucando a ferida vai demorar mais pra cicatrizar mas a gente vai se tornando mais forte tbm, aguentando mais e mais…
    Espero do fundo do coração que apareça alguém que não te faça sequer pensar em não ter algo sério. Que mexa com você a ponto de você nem perceber o quão sério tá ficando e que te ajude a se fazer feliz. Um beijo, Adriel! Adoro seus textos *-*

  5. Muito lindo o texto! Esse é o pior de quem amar, acabar se doando ao máximo para no fim ganhar ingratidão, mas acho não é poque alguém destruí sentimentos deveríamos para de amar, um dia encontramos alguém que saber valorizar o verdadeiro amor.
    Beijos,
    http://www.dosedeilusao.com