Um desabafo sobre “Minha vida fora de série 4”

Falar sobre a Paula Pimenta me deixa um pouco mais ansioso do que o normal. Pudera, né? Os livros dessa mulher me acompanham desde a época em que entrei na faculdade, lá em 2013. Até hoje, quando descubro que haverá lançamento de mais uma obra, entro em desespero. Foi o que aconteceu com “Minha vida fora de série 4”! 💗

Minha vida fora de série 4, de Paula Pimenta

Em 31 de agosto de 2017 foi lançado “Minha vida fora de série 4”, mesmo dia e mês do meu aniversário. Com certeza não haveria presente melhor pra eu receber. Infelizmente, só fui lê-lo agora, em janeiro. E foi a melhor decisão que fiz, pois comecei a minha maratona literária com o pé direito. 😍

Na 4º temporada da saga “Minha vida fora de série”, temos pouco mais de 400 páginas contando o estado de Rodrigo após terminar o namô com a Priscila-chatiane. Sim, o livro é TODO narrado pelo Rod. Sendo sincero: AMEI! E não, não gosto do Priscila. Sempre achei a personagem muito imatura, inconsequente e mimada. #paz

Novos personagens aparecem, romances, aventuras e viagens. Esta temporada está cheia de coisas fofas e sentimentalismo. Finalmente a gente pode entender a mente do Rodrigo e torcer por um recomeço bacana. É daí que surge Julie, Antonella, os caras de uma banda, Mrs. Becker e afins. Peguei um amor por cada personagem gringo que apareceu e acabei achando os brasileiros um chatões. 👎

Minha vida fora de série 4, de Paula Pimenta

“Minha vida fora de série 4” continua tendo a mesma diagramação dos demais livros: conversas por e-mail, torpedos, tweets, etc. A novidade é que a Paula Pimenta inseriu também trechos em inglês (com tradução no rodapé, claro!), o que trouxe mais realismo à história. Ah!, as citações de frases de seriados a cada capítulo continua… Elas meio que dão spoiler do que acontecerá, mas, né, muitas vezes a gente acaba se enganando. (Eu acabei sofrendo antecipadamente, pensando que algo ruim ia acontecer, mas, era só quase um pedido de casamento… Ooops! 😛)

Sou suspeito para falar sobre os livros da Paula, contudo, posso dizer com todo o meu coração que “Minha vida fora de série 4” é a obra mais madura, completa e linda já lançada pela autora. Supera demais “Fazendo meu filme” e os demais. É um comeback que te faz chorar, sorrir, suspirar, ficar com raiva… Uma mistura de todos os sentimentos possíveis!

Se você ainda não conhece nada da Paula Pimenta, saiba desde já que está perdendo um ótimo trabalho. De todos os escritores brasileiros que já li até hoje, somente ela me faz suspirar com suas histórias. Como o prefácio do livro diz:

“Não sei se é pela simpatia, por viver no mundo da lua ou por acreditar tão avidamente no ‘felizes para sempre’ que eu chego a pensar que a Paula nem é gente de verdade, e sim uma personagem de contos de fadas que saiu por aí, fugida, querendo de qualquer jeito contar novas histórias”.

 

Editora: Gutenberb / Páginas: 448 / Gênero: Literatura infanto-juvenil

 💗 Fotos: Letras na gaveta

1 Comentários

1 Comentário em "Um desabafo sobre “Minha vida fora de série 4”"

  1. AHHH vi você falando desse livro no Instagram e fiquei curiosa pra ler sua resenha! Olha, eu acho que lá em casa tenho o primeiro livro dessa série porque minha irmã ganhou de presente, agora fiquei até curiosa pra ler… eu tenho várias dívidas com sagas antigas que deixei passar na época do hype, tipo Harry Potter que só vi os filmes e sinto que preciso ler os livros ainda, hehe


    Beijos
    Brilho de Aluguel