Morando sozinho

Há muito tempo eu vinha pensando em sair da casa dos meus pais para
procurar o meu próprio espaço para, enfim, viver a independência. Porém, como
sou filho único, sempre me batia aquela incerteza de “abandonar” quem eu tanto
amo.
Após alguns meses pensando, resolvi me mudar não só de casa, mas também de cidade. O meu foco era o Sul e eu acabei optando por Porto Alegre. Nos
últimos 10 dias antes da viagem, diversas coisas aconteceram, que me fizeram “desistir” naquele momento da mudança. Perdi a passagem (recuperei nem
50% do valor da passagem) e passei um tempo
frustrado. 
Comecei o ano de 2015 triste e sem saber o que fazer. Mas, pensei mais
um pouquinho e percebi que estava na hora de eu viver minha própria vida, parar de depender dos meus pais para tudo. Por isso, arrumei minhas tralhas e
me mudei
. Para o meu próprio espaço, para uma “nova vida”. 
O mês de fevereiro começou bem melhor para mim, porque estou mais otimista. De vez em quando bate
aquela saudade do meu antigo quarto, de todo o conforto oferecido pelos meus
pais, mas daí eu penso: “essa mudança é
para o meu crescimento pessoal e espiritual. Voltar seria burrice!”.
#VouConfessarQue não é fácil e nem tão legal morar sozinho, mas aquela
sensação de liberdade é tão boa, sabe?! A parte mais chata de tudo é começar a
ter mais responsabilidade, organizar sua própria bagunça… Ainda estou naquela fase de organizar tudo e me readaptar. 
Ah! Como a casa
é grande (eu divido aluguel com a @queroalmoço), resolvi também fazer um home office em um dos quartos e trabalhar na parte da tarde
como freelancer, com serviços de publicidades à algumas empresas. 
É isso! O ano finalmente começou para mim, e começou com muita novidade.
Aos poucos eu vou compartilhando aqui no blog o que ando aprontando na minha nova
casa e as coisas que eu espero (!) que aconteçam este ano.

Só um recadinho: se estão querendo mudar de cidade, casa dos pais ou sei
lá mais do que, apenas mude! Às vezes a gente tem que só parar de se preocupar demais
com o próximo e olhar para si mesmo. Você muda e, magicamente, tudo muda na sua
vida. E essa mudança pode até fazer bem àqueles que estão ao seu lado. Vai por
mim! 

18 Comentários

18 Comentários em "Morando sozinho"

  1. Bianca diz:

    Ah, que legal! Boa sorte nessa nova fase! 🙂

    Bluebell Bee

  2. Wanessa diz:

    É muito bom mudar, espero que essa fase de sua vida seja grandiosa 🙂
    Você merece!
    Bjokas

  3. Parabéns pela coragem e pela nova etapa de sua vida!
    Eu também sou filha única e demorei muito para conseguir fazer isso. Nem tudo são flores, mas não me arrependo. Amei morar sozinha. As dificuldades só me trouxeram aprendizado e me deram mais força para encarar os desafios do dia a dia.

    Por melhor que seja nossa relação com os pais, não existe nada como o nosso cantinho!
    Desejo toda a felicidade! Vai compartilhado com a gente as descobertas (te garanto que serão muitas)!
    Bjo e boa sorte ^_^

  4. Morar sozinho deve ser mesmo um desafio, eu não quero me mudar tão cedo, mas eu vivo pensando que seria bem legal. Pretendo terminar a faculdade e quem sabe partir pra essa aventura, acho válido haha.

    Essa fase de se readaptar a bagunça eu imagino ser a mais fácil comparada aos desafios de ser independente.

    Adorei o blog. Tudo Tem Refrão

  5. Eu fui morar sozinha com 18 anos e, claro, não foi fácil no começo. Mas foi a melhor coisa que eu fiz, a experiência de morar sozinho é maravilhosa! Boa sorte nessa nova fase!

  6. Paula diz:

    Aiiinnnn, mesmo tendo que arrumar a bagunca toda eu ADORO morar sozinha! Não troco por nada! hehe
    Bjs!

  7. Que delícia, Adriel! Parabéns pela conquista!
    Ainda não fiz essa façanha, provavelmente ela aconteça no ano que vem…
    Divida com a gente os perrengues tbm, porque tenho certeza de que serão vários rs
    Beijo!

  8. Eu acho que vou fazer isso ano que vem, pelo menos, pretendo. O post ficou bem legal, adorei que você teve super força de vontade e colocou seus sonhos em prática.


    Beijos
    Brilho de Aluguel

  9. Oie Adriel!!
    Parabéns pela atitude! Que essa nova fase de sua vida seja prospera e que todos os percalços sejam fáceis de ultrapassar!
    Sinceramente, já pensei em sair da casa da minha mãe, mas não me sinto pronto para ir, na verdade não sei se um dia estarei hahaha, ainda mais quando ela faz tanta questão que eu fique, não eu não sou filho único, mas sou um filho muito bom haha. Mas falando serio não me vejo indo antes dos 30 só depois disso ou com uma boa razão para sair antes é que eu irei!

    Xo
    Alisson
    Re.View