O retrato do humor no Brasil

Ontem, logo após o Fantástico, resolvi ficar até mais tarde assistindo televisão. Eis que mudo de canal e sintonizo na RedeTv,  no Pânico na TV (programa humorístico). Uma cena entristecedora estava sendo exibida no canal.
Uma “equipe” tem de ser unida, correto? Mas esse não era o caso da produção e dos diretores do programa.
O Pânico na TV se destaca por ter um estilo diferente dos outros programas humorísticos. Ainda bem que os outros canais não exibem coisas constrangedoras.
A produção do programa armou uma brincadeira (muito idiota) para o diretor de reportagens Marcelo (mais conhecido como Bolinha). Por falta de irresponsabilidade, essa “zoação” toda, quase custou à vida do profissional.
Não bastava o Tiririca acabar com o humor no Brasil, ao ser candidato a deputado e mostrar para sociedade que política é sinônimo de palhaçada?
O humor era para ser algo interessante, divertido, que alegrasse as pessoas, mas o que vemos, é tudo ao contrário.
Diante disso, creio eu que a classe humorística vai acabar perdendo espaço e credibilidade.
Pense Nisso…
Um abraço,
Comente Comentários

Nenhum comentário em "O retrato do humor no Brasil"