05 metas para maio

Devo confessar que abril foi um mês intenso, cheio de tretas, crises de ansiedades e acontecimentos inesperados. Algumas fatos foram interessantes, claro. Mudei de casa  😍 (pro mesmo bairro das minhas avós), um carinha se interessou por mim e continuo firme e forte no meu trabalho. Aliás, recebo sempre elogios no trampo.

Como de praxe, todo início de mês leio o horóscopo. Em maio não seria diferente!

Assim que acordei, peguei o celular e vi as previsões pros próximos dias. Não me deparei com nada que valha a pena eu me preocupar, mas, como bom virginiano ansioso/perfeccionista, já comecei a rabiscar alguns planos pra que tudo saia bem, na medida do possível.

Confira aí algumas coisinhas que pretendo realizar nos próximos 30 dias.

01 – Emagrecer alguns kgs

Em 2017 eu emagreci horrores (cerca de 20 kgs). Infelizmente, perdi o foco da #VidaFitness e ganhei quase tudo de volta. Sabe a ansiedade? Quando ela bate à porta, é difícil demais deixar pra trás velhos hábitos-alimentares. Porém, quero muito emagrecer mais um pouquinho e, se possível, voltar à academia!

02 – Consulta com oftalmologista 

Eu tenho miopia e, talvez, retinopatia. Minha última consulta foi em 2016, e a última vez que usei óculos foi em 2014. Ou seja: de lá até aqui venho sentindo muitas dores de cabeça por falta de um óculos. Tô só esperando o dinheiro cair na conta pra poder ir ao oftalmo e voltar a enxergar tudo perfeitamente (talvez eu opte por lente de grau…)! 🤓

03 – Ler 3 livros 

Esse está sendo o ano em que eu menos li, sério. O motivo é que só tenho livros chatos em casa! Não posso comprar novos exemplares, pois fiz o compromisso de só voltar numa livraria quando não tiver mais nada pra ler. E eu tenho uma pilha imensa (uns 15 títulos, na verdade!).

Que Deus me dê coragem pra eu  ler uns três livros e diminuir a pilha que tenho em casa. Amém!

04 – Guardar uns trocados pra comprar um novo celular

O meu celular (Moto E4 Plus) é legal, mas passa longe de ser um iPhone. E eu quero um iPhone, assim como necessito de um carro, viajar pra Porto Alegre no inverno e tals. Pra realizar essas cositas, tenho que guardar uns trocados. A poupança já foi criada, falta agora só jogar uns centavinhos lá dentro. Espero que dê certo neste mês! #oremos

05 – Continuar planejando o meu livro

Pois é! Decidi que vou publicar um livro. Vai ser independente mesmo e talvez só um exemplar… Mas meu livro irá sair, sim! Sempre tive esse sonho e, mesmo com poucas pessoas me incentivando, irei continuar na luta. Tenho que fazer isso por mim, e não por quem não importa com os meus desejos!

Enfim… Que maio seja um mês incrível a todos nós! 😘

1 Comentários

A Ryca

Jamais pensei que iria escrever algo triste sobre a Ryca. De verdade, a máscara ainda não caiu! Não acredito que nunca mais a verei, não ouvirei seus latidos, tampouco receberei suas lambidas-molhadas-no-rosto. Não creio no que aconteceu. 🙁

Aqui em casa há um vazio; há um silêncio que sinaliza dor. Quando fecho os meus olhos, vem à mente a imagem da Ryca, daqueles olhos gigantes me encarando, pedindo ajuda e eu não podendo ajudar da maneira correta. Me dói tanto.

Estou lutando pra ser forte e guardar comigo só lembranças boas, mas tem horas que não consigo. Simplesmente não consigo fingir que nada aconteceu, porque, sim, aconteceu! A Ryquinha morreu! A minha neguinha-mais-linda-do-mundo já não está mais com a gente! 😭

Acredito que, agora, a Ryca está brincando muito ao lado da Aysha (sua filhota) e mandando energia positiva pra gente. Porém, é complicado colocar na mente que, no fim, tudo ficará bem. 💔

Quero acreditar que a partida da Ryca foi a melhor coisa que aconteceu, pois colocou um fim no sofrimento/dores que ela vinha sentindo há um tempo. Ela não conseguia se comunicar como humano, através de palavras, mas seus olhos expressavam muita coisa. E eu sabia que aqueles olhares tristes eram uma despedida.

A Ryca foi/é importante pra mim, pra minha família e todos que a conheceram. Ela foi mais do que uma cachorrinha; ela foi uma filha que transbordava alegria, paz… Ela é o amor na melhor forma possível!

Foram 4 anos e 3 meses de muito companheirismo e amizade. A Ryca surgiu um mês antes do meu primeiro amor. Decidi deixar esse carinha de lado e as lembranças também, porém, a Ryca estará sempre na minha mente.

De tudo o que aconteceu em 2014 até agora, a minha maior alegria foi a chegada da Ryca. Agora é hora de deixar a minha neguinha ir brilhar em outro lugar…

Te amo, Ryca. Muito mesmo. 💔

Comente Comentários

Ele me deixou… De novo.

Agora, aqui dentro, há uma dor insuportável. Nem parece que há algumas horas eu estava contente por ter encontrado um trabalho, finalmente. O emprego dos meus sonhos, na verdade. Não vou culpar Deus e nem atribuir a mim mesmo o motivo de estar me sentindo um lixo. De pessoa, ser humano, namorada… Enfim, ser humano.

Após quase dez anos, ele me deixou. Uma das pessoas que eu mais amava na vida me abandonou. O término foi horrível, feio, covarde. Não vou superar agora, mas irei perdoar. Não vale a pena carregar comigo uma dor que só vai me fazer mal e não acrescentar nada.

Ele foi importante na minha vida. Muito mesmo. Com ele aprendi a ser mais mulher, independente. Mas o meu maior erro foi entregar de bandeja o meu coração, pois hoje sinto falta de uma parte de mim. O meu coração ainda está com ele, mas por pouco tempo.

Meus amigos dizem que sou forte e eu estou começando a acreditar nisso. Quando vem a vontade de chorar, olho pra cada um deles e reparo que suas lutas diárias valem à pena; devo encarar as minhas de frente também.

Uma das minhas amigas passou por muitos problemas no ano passado. Ela corria o risco de perder o pai. Mas Deus foi fiel e deu-lhes mais uma oportunidade; a outra guria, mesmo adolescente, também é forte pra caramba. É baixinha e cheia de complexos de inferioridade, é verdade, mas tem uma determinação e inteligência invejáveis. Nem vou falar do gordinho… Ele tá ali pro que der e vier, mesmo sendo frustrado diariamente por não conseguir um grande amor.

Eu consegui! Com muita luta, passei 10 anos vivendo um grande amor. Mas, parece que chegou a hora de abandonar esse barco e seguir em frente. Sei que vai doer um pouquinho… Um pouquinho não, vai doer muito! Mas eu quero ter a mesma força de vontade que os meus amigos têm! Quero encarar essa fase de cabeça erguida, pra tentar esquecê-lo de vez ou aguardar os planos de Deus.

Acredito muito que Deus tem um plano pra mim. Tudo isso não é em vão.

Ele me deixou… De novo! Não sei se dessa vez vai ser pra valer, mas sinto dentro de mim uma coisa diferente. Parece libertação. Que seja o que Deus quiser! Só quero o melhor pra mim. Com ou sem ele. 💔

3 Comentários