Mapa dos sonhos: saiba como fazer e por que ter um

Sonhos são diferentes de objetivos. Estes permanecem apenas no nosso imaginário, já o outro é algo mais real (é o ato de querer e correr atrás pra realizar!). Porém, um não é menos importante do que o outro. Precisamos de sonhos, desejos e metas pra sobreviver e tornar a vida mais interessante.

Durante boa parte do tempo estamos na luta pra concretizar objetivos, esquecendo-nos dos sonhos. Na verdade, até lembramos, mas não fazemos nada pra realiza-los. Desse modo, o pessoal ligado em astrologia descobriu uma forma de não deixa-los de escanteio. Daí surgiu o mapa dos sonhos.

O mapa dos sonhos nada mais é do que listar num papel o que tanto deseja pra sua vida, mas, no momento, não dispõe de tempo pra correr atrás. Ou seja: a lei da atração vai funcionar a partir do momento em que você externalizar aquilo que tanto quer. Pode ser qualquer desejo: viagem, dinheiro, saúde… Não precisa ter medo do que for pedir! 😉

Como fazer

Não é complicado fazer o mapa dos sonhos! Você precisará apenas de: tempo, folha em branco e caneta.

Na folha em branco, coloque o seu nome (centralizado) e logo abaixo a data do seu aniversário. Puxe setas para os quatro cantos do papel; cada lado terá um tópico diferente (ex.: saúde, educação, trabalho, relacionamento). Abaixo de cada segmento você tem de colocar o que deseja:

Ex.: Vou ficar cada dia mais saudável; Vou terminar a faculdade; Vão me chamar pra trabalhar e o meu salário será ótimo; Alguém interessante irá aparecer na minha vida e o relacionamento será incrível.

Obs.: Não faça pedidos pra outras pessoas, tipo um parente, amigo, etc. O mapa dos sonhos é individual.  Ah!, inicie o pedido com palavras otimistas, tais como “vou conseguir…”.

Sempre que algum item do seu mapa se realizar, coloque um coração na frente  com um agradecimento ao lado. Quando todos estiverem concretizados, guarde-o em um local seguro e faça outro.

Pra que os sonhos sejam realizados rapidamente, deixe o seu mapa em um local de fácil acesso e que você possa vê-lo diariamente. É aconselhável também lê-lo em voz alta sempre que puder, com muita esperança e fé. As energias positivas serão enviadas pro universo e mais rápido os sonhos serão concretizados. 😉

Nunca esqueça disso: o universo nos dá aquilo que merecemos. Ou seja, a realização dos seus sonhos dependerá também das suas condutas. Portanto, seja uma boa pessoa sempre! 😘
4 Comentários

Você quer perfeição, bb?

Tempos modernos. Era digital. Época em que fotos não são apenas registros de momentos, mas um meio de promoção pessoal, trabalho e afins. Em meio à todo esse rebuliço, surge também a preocupação excessiva com a aparência. “Esse lado me valoriza? O ângulo tá bom?”, dizem as pessoas durante um simples clic no bar, que com certeza será postado em todas as redes sociais.

Não sei onde a evolução-mental-humana parou, o que sei é que tá foda viver. Estamos numa fase em que poucos buscam enriquecer o intelecto, mas sim obter o corpo dos sonhos. Seja na academia, através de cirurgias plásticas ou outros procedimentos estéticos.

Sem dúvida alguma, a internet tem um pouco de culpa nessa busca pela perfeição, pois ninguém quer se mostrar feio no mundo virtual. Todos querem ser divos, maravilhosos, maromba…

Gordurinha aparecendo numa foto? Que horror! Que venha mais uma plástica! Pelanca debaixo do braço? Deus é pai! Academia já! E nessa loucura toda as pessoas estão pirando, deixando de valorizar o ser humano pela sua essência, e sim aparência. 

Não é preciso de pesquisas pra comprovar que a ditadura da beleza está fazendo com que os casos de depressão aumentem. Muitas mulheres, por exemplo, por não chegarem ao corpo que a mídia vende, acabam se depreciando, automutilando… algumas até partem pra remédios que garantem resultado milagroso, mas, na verdade, só aumentam o quadro depressivo.

Pra saber se você também anda nessa busca desenfreada pela perfeição, recorde agora o total de fotos que deixou de postar na internet só porque se achou gordinha, muito feia ou totalmente diferente do padrão.

Ei, miga! Devemos nos amar pelo que somos. Pela mente fodida, pelo corpo (gordo ou não!) que nos possibilita andar por esse mundão… Com certeza a vida ficará mais leve se nos julgarmos menos. Melhor mesmo é deixar esse papel pra sociedade desocupada, que insiste em controlar os nossos passos e pensamentos.

Se ame e procure sempre motivos pra ter uma vida mais de boa e feliz. Fácil nada será, te garanto! Mas, o universo nos dá possibilidades todos os dias. Use-as pra desenvolver o amor próprio e não cair em ciladas de filtros e mais filtros online. Aos olhos de Deus, todos nós somos perfeitos. Isso basta!
20 Comentários

As regras da separação

No começo tudo é maravilhoso. As expectativas depositadas na relação são altas e otimistas. Porém, chega um momento em que o casal não está mais em sintonia, não podendo seguir na caminhada juntos. A separação é inevitável. 💔

Como passar por isso? Como enfrentar essa avalanche de medo, dor e inconsciência mental? Agarrar o primeiro que surgir ou dar uma pausa pro coração? Eu sei, são muitos questionamentos!

Assim como existem regras pra amar, também há pra separação. Esses “mandamentos” não foram escritos por ninguém, são simplesmente óbvios. Toda e qualquer pessoa de mente aberta consegue captá-los. Veja só.

1- Desapegar dói
Imaginar a pessoa longe da gente é tão doloroso. É difícil também não ter mais aquela rotina, cumplicidade e união. Mas, infelizmente, a vida quis assim. E se ela optou por isso, melhor mesmo é recolher toda a sua insignificância e correr atrás de novos ares, se amando mais e conquistando objetivos.

2 – Entrar em um novo relacionamento é furada
Tem gente que acha certo terminar uma relação hoje e começar outra logo em seguida. Burrada das grandes. E as feridas? Como elas irão curar? A outra pessoa é o remédio? E se o remédio não funcionar e ela só te machucar mais?

Lá vai um segredo: não precisamos de ninguém pra curar nossas feridas, basta o amor próprio e confiança no tempo.


3 – Amigos são fundamentais
Geralmente, quando estamos em um relacionamento, tendemos a abandonar as amizades. O parceiro se torna o foco da vida, o nosso bem mais precioso. Outro erro.

Amigo é amigo. Quando você está namorando, sozinho, com rolos, etc… amigos são amigos sempre. Por isso, deixá-los de escanteio é sinônimo de burrice. Enquanto estiver passando por o processo de separação, grude neles para receber energia positiva, força e alguém pra abrir seus olhos.

4 – Ter medo é normal
Super compreensível aqueles discursos de que não quer mais entrar em relacionamentos, de que vai se tornar assexuado e tals. Super normal mesmo! Dependendo da relação em que você estava, os traumas aparecem e é chato ter de lidar com eles.

Pra driblar o medo e continuar na busca pela felicidade, se rodeie de positividade. Sorria, ouça músicas alegres, vá à novos lugares… só não dê espaço pra deprê aparecer. Medo sim, bad vibes não.

No fim, a separação nos fortalece. Quantas e quantas vezes tivemos que dar adeus a alguém que nos machucou?  A queda é inevitável e o levantar, meu amor, tem de ser excepcional, com direito a todos assistindo você brilhar. Vai por mim: há males que vem pro bem! ✌✌
8 Comentários