Não quero pessoas complicadas

Após vários copos de vinho tomados e meia garrafa seca, cá estou eu refletindo sobre a última paixonite. Foi uma paixão intensa demais e não sei se estou preparado para mais uma, apesar dos astrólogos dizerem constantemente que até o fim o do ano vai vingar algum relacionamento. Tomara que não!

Não quero mais pessoas complicadas no meu caminho; gente que atrasa os meus planos e são indecisas, às vezes vivendo num armário com medo de mostrar quem realmente é.

Cansei.

Canse de me apaixonar por pessoas complicadas, que me iludem e brincam com os meus sentimentos para poderem se sentir bem. Por acaso tem o nome “idiota” colado na minha testa? Só isso explica o fato de me machucarem tanto com ilusões sem fim.

Me entrego facilmente, é verdade – talvez eu seja o culpado por todas as feridas que ficam no meu coração, já que deixo as pessoas irem muito longe com as insinuações. Mas eu cansei!

Não quero mais olhar pra um corpinho bonito e ficar morrendo de amores só por isso; não quero mais sofrer pelo menino bonitinho que tá na fossa porque terminou um relacionamento e se encontra perdido. Por acaso ele não tem amigos para consolá-lo? Ah, já sei! Ele é o cara que vive no armário, fingindo ser o que não é.

Simplesmente não quero mais. Não quero ilusões, tristezas e angústias que me sufocam por completo. Não quero olhar pra fulano e imaginar a gente andando por aí, admirando a paisagem à frente e criando planos pro futuro pra quando terminarmos a faculdade.

Não, não, não.

Não vou alimentar mais esperanças de um futuro à dois só porque fulano curtiu duas fotos minhas, tocou em mim e vive se admirando no espelhando (sem a intenção de me seduzir.). Quem está carente sou eu, logo as expectativas que crio são todas culpas minha. Tenho de lidar com elas e fazer o melhor pra sair bem no fim de tudo.

A verdade é que eu não quero. Não quero mais sofrer por amores.

Posts relacionados

Comente Comentários

Nenhum comentário em "Não quero pessoas complicadas"