Primeiros encontros fracassados

Se tem uma coisa que eu não sei lidar bem, é com pessoas desconhecidas. De verdade. Me sinto desconfortável em conversar com estranhos e, talvez, seja por isso que não consigo fazer amizades com  facilidade.
Outra coisa que também sou péssimo é nas tentativas de me sair bem nos primeiros encontros, independente de ser alguém que estou afim ou novas amizades. Eu sempre enrolo as palavras, me perco nos pensamentos, falo (ainda mais) bobagem, enfim, me lasco.
Eu queria tanto me sentir confortável na presença da pessoa que eu acabei de conhecer, sabe? Mas só me solto depois do segundo ou terceiro encontro, isso quando realmente a pessoa marca algo novamente. Hahahaha.
Sei que esse #meujeitinho deve ter afastado muita gente bacana da minha vida, mas, fazer o quê? Eu simplesmente não consigo!
Outro dia, por exemplo, uma pessoa me convidou pra sair e eu fiquei todo animado, mas a alegria acabou quando eu fiquei cara a cara e não sabia o que fazer. Comecei a tremer, a soar, a enrolar as palavras e do nada sorrir, porque eu sou assim: nos momentos de tretas eu começo a rir como um verdadeiro filho da puta/retardado/doente mental.
Graças a Deus a pessoa entendeu que eu estava com muita vergonha (do quê? I don’t know) e muito tímido.
Falando em timidez… Ô trem do capeta, viu?! Não entendo como tem pessoas que veem charme nisso. Eu considero é doença, porque né…
A resposta para tudo isso que venho enfrentando, o qual apelidei de “travamento social”, é consequência da minha infância na escola, quando todos zombavam de mim por ser o mais gordinho da sala, o mais nerd e até mesmo o mais anti-social. Cresci com esses traumas e sei que preciso de um tratamento com psiquiatra, porque psicólogo já não resolve. #brinks
Mas, ó, quem me conhece sabe o quanto eu sou #vidaloka e faço todos felizes. Só peço que após o nosso primeiro encontro vocês me deem uma segunda, terceira, quarta, quinta ou mil chances pra eu mostrar o quanto sou legal. OK? 

P.S..: Pelo amor de Deus, digam que vocês já passaram por isso e eu não preciso tanto de um psiquiatra. PLZ! 

Posts relacionados

24 Comentários

24 Comentários em "Primeiros encontros fracassados"

  1. Timidez nível hard, né Adriel? Mas o negócio é não desistir e tentar evoluir sempre. Conhecer pessoas novas é sempre um desafio, mas poder ser uma delícia também!

  2. Avatar Paula diz:

    Olha, primeiro de tudo, tem que parar de encarar isso como "eu tenho um problema". As zoações do passado ficaram lá onde deviam, no passado, e cada dia tem que ser encarado como uma nova oportunidade para mudar. De repente s pessoas nem acham vc tão tímido, essas coisas estão mais na nossa cabeça que qualquer outra coisa 🙂
    Bjs!!!!

  3. Hahaha Isso me lembra muito, viu?
    Nesses momentos tento respirar fundo, pensar em algo que me acalme. E não, não é o fim do mundo e, sim, você vai conseguir ficar de boa uma hora, nada está perdido.
    beijos

  4. Já passei muito por isso, eu fico vermelha, o que é ainda pior porque a pessoa vê seu rosto mudar de cor e ela sabe que é porque você ta de frente com ela hahaha. Mas enfim… agora fico mais vermelha quando tenho que apresentar algum trabalho na faculdade. E tenho conseguido fazer amizades, eu apenas sou irônica e finjo que já conheço a pessoa a tempos.

    PS: Timidez é charme mesmo.

    Beijos. Tudo Tem Refrão

  5. Avatar Wanessa diz:

    Eu era muuuuuito tímida quando mais nova e fui melhorando com o tempo. Já passei por situações bem constrangedoras e é normal isso, é aprendizado.
    Melhorei fazendo inglês, canto e blogando 😀
    Acho que a gente tem que abrir o coração e se entregar para aprender coisas novas o tempo todo 🙂
    bjokas http://diadebrilho.com

  6. Avatar Clayci diz:

    Todos os meus "primeiros" encontros foram um desastre
    Nem sei como estou namorando atualmente pois no dia que eu o conheci..
    Pisei no pé dele, tropecei hauhauhauhauhuahuah olha foi um sufoco

    Mas aprendi que não adianta a gente forçar, tem que deixar rolar

  7. Avatar Bianca diz:

    Eu sempre tive problemas com primeiros encontros porque sou muito tímida e quieta, nunca sabia o que fazer ou falar.
    Bluebell Bee

  8. Nossa, eu quando era pequena fazia amizade com deus e o mundo e hoje em dia sou a mais antisocial EVER, ahahah 😛 Sério, não sei fazer amigos e nem lidar com pessoas, perdi as manhas dos paranauês, como lidar?!


    Beijos
    Brilho de Aluguel

  9. Avatar Si diz:

    Apesar de ser professora, já ter feito várias comunicações em universidades, eu sou muito, muito tímida. A minha timidez fica mt mais forte qd fico apenas eu e outra pessoa… fico super sem graça! E quando aluno vem puxar assunto comigo na rua? Dá vontade de sair correndo rs
    Bjus e carinhos, fica com Deus.

  10. engraçado que quem te conhece pessoalmente jamais acreditaria nesse texto. kkkkkkk

  11. Imagine que conheci meu namorado pelo Tinder pq cara a cara sou péssima… Rs ele é tímido mas no dia do nosso primeiro encontro eu estava mto mais envergonhada que ele. Acho que isso acontece pq criamos expectativas e queremos agradar.
    Mas, ó, muito me identifico e tbm tenho uma dificuldade tremenda pra essas coisas, mesmo não me achando tímida. Relações sociais não são comigo heh
    Uma amiga leu e recomendou muito Manual dos Timidos (não lembro o autor, mas se quiser eu pergunto), não sei se conhece. Ainda não li, mas ela disse que se identificou muito.
    Beijão!

  12. Ai que saudade de ler meus blogs queridos e de postar tb T_T
    Mudança não é mole, fiquei esses dias sem net, sem vida uhauhauahuaha

    Adriel, confesso que já fui muuuito tímida. E me irritava demais as pessoas falarem que era um charme. Porque só eu sabia o quanto estava sofrendo por dentro. O estomago revirava. É extremamente complicado.
    Hoje em dia estou diferente, não sei se foram as pancadas da vida, mas consigo me comunicar mais. As vezes me pego sofrendo ainda num primeiro contato. Mas já foi pior.
    Seminários de escola: quanto mais tímida pra apresentar, mais alto eu falo T_T uó!

    O que queria dizer é: vc não está sozinho!!!!!

    Bjos ^^
    Hora do chá! http://www.ochacomamigas.blogspot.com.br