Querido eu mesmo de 10 anos atrás

Querido eu mesmo de 10 anos atrás, 
Neste momento você deve estar esperando o seu pai para pegar uma carona até a escola, afinal, não é todo dia que ele está de bom humor para cruzar a cidade inteira só para te deixar na porta, como todos os outros pais fazem.
Eu sei, eu sei. Você está crescendo um pouco carente de amor paterno mesmo tendo seu pai presente, mas entenda uma coisa: ele te ama de verdade, apenas é muito fechado para dizer palavras lindas e fofas. Mas saiba que ele se importa muito com você.
Sobre as suas amizades, continue sendo fiel a todas, pois esse pessoal aí do primário vai te acompanhar pela a vida inteira, inclusive vai estudar junto com você na faculdade. Alguns se afastarão por motivos bobos, mas também terão aqueles que simplesmente não conseguirão viver sem ter a sua presença por perto. Digamos que você será uma espécie de amigo-psicólogo-anjo-da-guarda.
Realmente não vai ser fácil tirar notas boas em algumas matérias, principalmente matemática. Por isso,  dê bastante valor às aulas de reforço que a sua mãe te dá aos sábados, pois serão elas que te ajudarão a aprender a tão temida tabuada de multiplicação.
No amor você não terá sorte. Mas fique tranquilo! Você não terá muitos relacionamentos, mas saberá mais do que qualquer outra pessoa sobre. Algumas pessoas até zombarão da sua cara por você ser um bobô-romântico, mas continue na sua tendo a certeza de que está falando/fazendo a coisa certa.
Sim, você vai quebrar a cara várias vezes, vai se apaixonar por muita gente, mas apenas duas pessoas marcarão a sua vida, uma delas inclusive vai mudar de país, já a outra simplesmente vai te olhar apenas como amigo. Diante de tudo isso, saiba apenas que a vida te reserva muitas surpresas e sempre, sempre mesmo, as coisas boas irão estar no seu caminho.
Você passará sua adolescência inteira pensando que ser professor é o que você vai fazer pelo resto da vida, mas… Ô, ô! Vai vai acabar estudando Direito, mas querendo mesmo é ser jornalista (inclusive vai trabalhar na área em um grande veículo de comunicação).

O meu recado maior para ti, Adriel, é que você aproveite de verdade toda a sua adolescência brincando com os amigos, estudando, lendo e fazendo planos para o futuro. Algumas coisas não darão certo, mas outras serão as concretizações de grandes sonhos. Quando você crescer, você não vai se arrepender de nada, nem de ter ficado bêbado e caído numa balada. Você vai apenas pegar todos esses “erros” e fazer deles degraus para subir ainda mais na vida.

5 Comentários

5 Comentários em "Querido eu mesmo de 10 anos atrás"

  1. Beca diz:

    Bêbado e caído na balada? hahahaha dessa eu não sabia U_U
    Acho que se eu escrevesse para o meu eu-criança, diria para ter fé e paciência com as pessoas que a tentavam humilhar porque D'us está no controle. Afinal de contas, como termina é que importa, né?

    Beijo grande!!!

  2. Ai Adriel…amei o post.
    Me fez reviver umas coisas do passado, felizes, que me emocionaram um pouco.
    Não sei se consigo escrever um desses…sou muito emotiva.
    Minha vida saiu tão diferente do planejado…mas estou feliz!
    Estava pra ler esse post faz dias. Mas como estava corrido, esperei um dia calmo para ler ele com atenção ^_^

    Beijos e escreva mais posts assim! Adoro

    Hora do chá! http://www.ochacomamigas.blogspot.com.br

  3. Oi, Adriel!
    Há algum tempo fiz esse exercício de escrever para mim mesma há 10 anos atrás. Hoje o que postei foi uma carta para mim daqui a 10 anos, o que considero ainda mais difícil.
    O que acho legal nessas cartas é ver que mesmo que as coisas não ocorram como planejado, de uma forma ou de outra elas acabam dando certo 🙂
    Beijo!

  4. Me identifiquei no último do último final do texto, acabar fazendo Direito querendo mesmo é ser jornalista? Sempre me senti assim, já passando da metade do curso de Direito, mas desde os 11 anos com Jornalismo na cabeça. Quem sabe um dia…
    Parabéns pelo texto 😉