Segredos

Para ler ouvindo “Secrets”, do OneRepublic.

 

Quantas e quantas paixões a gente guarda na mente, não confessando-as aos outros? Por aqui são inúmeras! Tenho esse “dom” de não querer externalizar tudo o que se passa no meu coração. Sinto que estaria incomodando ou que os sentimentos não seriam tão interessantes assim. Loucura total, eu sei.

Sou uma pessoa apaixonável, logo, nutrir sentimentos rapidamente por alguém é o que mais faço. Algumas vezes acabo me ferindo, mas em outras, apenas adquiro experiência. Se tem algo que executo com louvor, é aprender mais sobre esses jogos da vida.

Sobre as paixões secretas… Faço coleções delas! Tem o carinha do primeiro período na faculdade, o do curso de inglês, os guris que estudaram na minha sala na época do ensino fundamental e colegial…

Não posso esquecer de mencionar o vizinho que mora em frente à minha casa, claro. Tem também os cantores da minha cidade, jornalistas, colegas de profissão… A lista é imensa e vergonhosa!

Mas é assim. Eu sou assim.

Já que não aparece ninguém interessado em mim e eu, sinceramente, já cansei de procurar, crio mentalmente romances com pessoas que acho interessantes. Não sou idiota de achar que elas são perfeitas, sem defeitos… Sou ciente de que o ser humano é cheio de falhas, então, esperar perfeição onde só existe podridão é coisa pra iniciantes. E eu tô longe disso. No jogo do “trouxismo”, sou campeão.

Na última noite acabei sonhando com uma dessas paixões. É por isso que estou escrevendo sobre… Só pra ficar relatado mais um momento idiota em que perco tempo com pessoas que não se importam comigo, mas que eu faço questão de ocupar minha mente pensando nelas, caso contrário, acabaria surtando por falta do que pensar (e se apaixonar!)

Não sinto vergonha em ter paixões secretas. Pra falar a verdade, acho até legal ficar fantasiando como seria uma relação com pessoa x. Mesmo que o relacionamento nunca aconteça na realidade, na minha mente ele existiu. E foi incrível. 💖🔐

Comente Comentários

Nenhum comentário em "Segredos"