Ser adulto é chato (às vezes!)

Até um tempo atrás, um dos meus maiores desejos na vida era se tornar adulto, tirar o meu passaporte e viajar pelo mundo, sem destino/rumo. Eu queria explorar o continente europeu, conhecer os japoneses/chineses e curtir uma festa americana de verdade, ao lado dos gringos bonitões. Com que dinheiro? Não sei! O fato é que eu desejava muito. #locasempre 

Acontece que eu cresci, um dos desejos se realizou e hoje sou um adulto preso numa mente de criança. Sim: a história inverteu. Agora posso batalhar pra conseguir um passaporte e viajar pelo o mundo (como se fosse fácil!), mas a vontade passou.
O que quero mesmo é voltar à adolescência e aproveitar cada momento do passado, de forma diferente; quero pular corda e não reclamar do cansaço; quero ligar o foda-se pros amiguinhos que sorriam de mim, enquanto eu apresentava o seminário na escola… Queria simplesmente ser menos preocupado, sabe?
A vida de adulto é ótima, mas ao mesmo tempo chata. É muita preocupação, mimimi, responsabilidade e… poxa, porque a gente não pode escolher entre crescer ou continuar curtindo Demi Lovato sem julgamentos? Por que a gente não pode ler um infanto-juvenil e ninguém se importar? Ligar o foda-se pros outros não resolve, pois a gente sabe bem que as coisas que incomodam, elas incomodam e ponto.
Enfim…
Muita gente deve gostar de ficar correndo prum lado e pro outro, à fim de ganhar dinheiro pra pagar as contas. Já é eu… bom, eu gosto de ficar em casa escrevendo, lendo, conversando e sorrindo. Talvez eu seja um folgado. Ou alguém que acredita que as melhores fases da nossa vida são aquelas do passado, em que éramos inocentes e crescemos com esse mesmo sentimento dentro de nós, apesar do nosso corpo demonstrar uma maturidade não existente.
30 Comentários

30 Comentários em "Ser adulto é chato (às vezes!)"

  1. Me identifico contigo, só que mesmo quando eu era criança eu não queria crescer. As vezes dava aquela vontade de ser adulta quando mainha não deixava eu fazer alguma coisa, mas logo passava quando percebia que podia brincar xD Ser adulto é complicado, tem gente que curte, eu venho adiando "mais responsabilidades", se é que me entende xD

    Beijos!

  2. SEM QUASES diz:

    O que mais adorei na postagem foi a parte em que você abordou esses preconceitos que passamos, como se fossem julgamentos de falta de maturidade, enquanto, muitas vezes, na verdade, são mais demonstrações de maior maturidade! Ler um infanto-juvenil e adorar, sabendo captar profundidades que nem mesmo o autor poderia ter reparado, é uma forma incrível de mostrar diversos patamares de maturidade: primeiro, por ter quebrado a ideia de que "aquilo é para crianças" e segundo por ter visto com outros olhos, não somente com as expectativas do geral. Então, é algo que espero que possamos ir mudando com o tempo. Adorei demais essa abordagem!

    SEMQUASES.COM

  3. Helo diz:

    Gente, eu me sinto exatamente como você! Até escrevi um post sobre isso há um tempo, sobre independência e a chatice de virar adulto hahahaha
    Realmente, crescer não é fácil não. Tem dias que tudo que desejo é ficar naqueles dias da minha infância em que tudo era lindo. Mas aí a gente volta pra realidade e tem que encarar, não tem jeito. =/

  4. Carol diz:

    Ser adulto para mim é 99% irritante hahahaha
    Tenho 27 anos e sou super criança ainda. Amo assistir desenhos, amo entrar em lojas de brinquedos e sempre que vou a uma livraria, gosto de ir na sessão infanto-juvenil.
    Infelizmente quem é assim sofre muito preconceito e não entendo o motivo disso porque acredito que todo adulto sonha em ser criança de novo hehehehe
    Beijos
    BlogCarolNM
    FanPage

  5. Mas vou te dizer, não troco minha vida adulta – mesmo com contas a pagar – por nada na vida! Apesar de sentir saudade de não ter responsabilidades, tenho me virado razoavelmente bem com elas! ahauhauha

    http://www.carolvayda.com.br

  6. Eu também desejava curtir uma festa americana, na verdade ainda desejo. Eu ouço High School Musical até hoje, não ligo mesmo. Mas eu queria voltar a ser criança/adolescente também. Tá aí uma coisa que eu não tenho: maturidade. E as vezes até que é bom, mas tem vezes que é necessário. O pior da vida adulta é encarar a realidade. Porque quando a gente é criança/adolescente, a gente acredita mais nos nossos sonhos e vive pra conquistar aquilo, mas aí na vida adulta, a gente cai na real e vê que nem tudo é fácil. Por isso que eu acho que as pessoas mais bem sucedidas, são as que tem a maturidade de uma criança pra poder conquistar tudo o que quer e fazer daquilo um objetivo de vida.

    Beijos!
    http://www.likeparadise.com.br

  7. Oi obrigada pela visita no blog, vamos nos seguir? lembro de quando era criança e queria crescer logo, hoje sinto saudades de alguns momentos, mas procuro aproveitar essa nova fase, tudo passa né? Mas apesar da nostalgia que sentimos, vamos seguir em frente e fazer o melhor sempre!

    Ciranda da Bailarina

    Beijos

  8. Vou fazer 19 em breve e, claro, sei que ainda estou começando nessa fase adulta, mas já encontro dificuldades em ver o Clube da Winx sem discriminações hahah Sorte que tenho uma irmã pequena que uso como cobaia para ver meus desenhos preferidos <3 Eu realmente me sinto com 15, 16 anos, apesar de que a fase adulta trouxe coisas que eu não trocaria jamais. Mas definitivamente, é difícil ouvir Sorry sem julgamentos.
    Beijos!

  9. Ser adulto exige muito de nós, às vezes criamos grandes expectativas na infância e de repente crescemos e descobrimos da pior maneira que nada é tão simples. Acho que o pior de ser adulto é saber que 100 reais não da pra nada e que tudo, absolutamente tudo envolve dinheiro… Mas a gente vai levando a vida do jeito que dá… Ser adulto, às vezes até que é bom

    http://www.pinkisnotrose.com/

  10. Ai, me identifiquei tanto! Gosto de ser adulta, mas as responsabilidades são demais… Viver pra trabalhar e ganhar dinheiro é tão triste, né? A gente acaba perdendo aquela inocência e sonhos bobos (eu também sonhava em viajar pelo mundo hahahahah só faltou a grana). Mas fazer o que, tentar aproveitar o melhor dessa fase, né? Beijosss!

  11. Não conheço uma única pessoa que não desejasse voltar a ser criança ou pelo menos a um tempo em que não tinha grandes preocupações. Também sonhava crescer e viajar pelo mundo mas é como dizes, com que dinheiro??? haha. Ser adulto sem uma conta bancária recheada traz mais chatices que alegrias, facto!

    Ricardo, The Ghostly Walker.

  12. Luly diz:

    Eu nunca fui dessas que "queria crescer". Quando era criança era isso que eu queria ser, depois como adolescente eu não tava nem um pouco animada pra ser adulta e agora que sou grandinha quero continuar só "inha" mesmo, hahahaha. Sei lá, acho que todas as fases da vida têm seu lado bom e ruim, a gente só tem que achar o lado bom e aproveitá-lo minimizando o ruim.
    Realmente, quanto mais você cresce, mais as pessoas julgam seus gostos. Isso vindo de mim, que só tenho gostos "julgáveis", tanto para aspectos sérios e profissionais quanto para hobbies. Mas eu aprendi, devagar e com amorzinho, a ir aceitando isso e dando a MÍNIMA pros julgamentos. É difícil, demora, a gente sofre, mas juro que acontece.
    Espero que aconteça com você!!!!!!!!!!!!!!!!
    Beijão!

  13. Hellz. diz:

    OLHAAAAN… eu tenho o mesmo pensamento que você, com a diferença de que eu nunca quis ser adulta mesmo HHAHAH tive meio que uma crise de peter pan e não queria crescer, mas né… não adiantou muito.

    Acho foda esse lance de não poder curtir a demi lovato ou ler um livro da paula pimenta sem se olharem torto. Porque adulto tem que exclusivamente curtir livros didáticos e música sertaneja chata?

    beijo
    beinghellz.blogspot.com

  14. Oi Adriel, tudo bem? Espero que sim!
    Poxa, me identifico muito com o teu post.
    Ser adulto é muito difícil… Nós ganhamos a liberdade que tanto desejávamos quando éramos crianças, mas de brinde vem as tenebrosas responsabilidades.
    Temos que trabalhar, estudar, ter um relacionamento e achar um tempo para nós mesmos no meio disso tudo.
    Achei legal você cursar direito, também curso, mas pretendo trancar e cursar outra área nesse próximo semestre. Moro no Rio de Janeiro e meu sonho é viver no interior, então sinta-se invejado! Kkk.
    Obrigada pela visita no meu blog e volte sempre!

    Me chama de Bella

  15. Ser adulto é tão chato :~ é tão ruim ficar preocupado o tempo todo. E as consequências que isto traz pra saúde então? Hoje eu ligo o foda-se para muita coisa mas é como vc disse, tem coisa que quando incomoda, incomoda e pronto.

    Um beijo,
    Quase Mineira | FB do blog