Sou uma decepção no Tinder!

Relacionamentos pela internet sempre foram mal vistos pela maioria das pessoas até a chegada dos famosos aplicativos pra celular, como o Tinder, Badoo, Scruff e Grindr (esses dois últimos são destinados aos gays, então, não se sinta por fora das tecnologias!).
Eu já me aventurei (e ainda me aventuro!) nesses aplicativos, mas, óbvio, não espero encontrar o amor da minha vida na internet, afinal, a maioria dos usuários só querem sexo, pegação e mais uma pessoa pra lista de “já peguei e joguei fora”. Então, se você quer apenas um beijinhos, sexo casual e bla bla bla, Tinder é a solução pra esse fogo na tua pepeka.
O caso mais inusitado comigo aconteceu quando eu morava sozinho (sim, as melhores histórias aconteceram durante aqueles 6 meses de muita loucura). Estava em casa, completamente entediado e com vontade de conhecer novas pessoas. Eu bem que poderia ir à uma balada, mas, preferi ficar quieto na minha caminha.
Sem pestanejar, peguei meu celular e instalei o tal do Tinder, o app que todas as minhas amigas fogosas usavam e falavam o tempo inteiro. Criei meu perfil, escolhi as melhores fotos, deixei a opção “apenas homens” ativada e parti pra ataque. Em menos de 20 minutos lá estava eu dando likes e deslikes nas fotinhas dos caras que apareciam.
Naquela mesma noite, um professor universitário deu like na minha foto também e, pronto, match. Começamos a conversar, passamos uma semana inteira de papinho no WhatsApp e decidimos nos conhecer. Menina, eu estava tão louca que passei até o meu endereço que, coincidentemente, ficava uma quadra abaixo da faculdade do cara.
No dia marcado pra ele aparecer  na minha casa, eu fiquei mais tímido do que o normal (!) atrás do balcão da cozinha, enquanto o tal professor permanecia na porta de entrada, pois eu estava tão nervoso que nem o convidei pra entrar. Resumo do resumo: não rolou nada e eu disse que eu era como a Anastácia de “50 tons de cinza”, que estava à procura do amor da minha vida e bla bla bla. Passei vergonha? Passei, mas pelo menos aprendi o quão constrangedor é trazer uma pessoa que você não conhece à sua casa. E se o cara fosse um maníaco, serial killer… Gzuis! :O
 
No meu segundo encontro a coisa foi um pouquinho mais “social”. Conheci o cara, tínhamos muita coisa em comum e marcamos de tomar sorvete. Tive a brilhante ideia de ir de skate e com um look todo roqueirinho. Quando eu cheguei ao local marcado, o cara tava todo social e se assustou quando me viu com piercing, skate na mão e uma camiseta do Nirvana. Só naquele dia descobri que ele era evangélico. Acontece.
O que eu aprendi com essas e outras experiências no Tinder? O aplicativo é só pra conhecer novas pessoas mesmo, porque um relacionamento sério corre longe de acontecer (mas pode ser que aconteça com as pessoas sortudas). Ainda tenho o app instalado no celular e de vez em quando dou umas zapeada por lá, mas é só isso.

Chega de ficar frustrado com esse povo que só pensa em sexo!

 Um beijo!
70 Comentários

70 Comentários em "Sou uma decepção no Tinder!"

  1. KKKKKKK poxa, que decepção! 😛
    Foi mal moço, mas ri dessa sua aventura desiludida. Que bom que você sabe que esses apps são só p curtição, tenho uma amiga que acredita de verdade que vai encontrar o amor verdadeiro no tinder.
    Mas foi uma experiência ruim que serviu de inspiração p um ótimo post. Prova de que isso não foi tão ruim (ok, chega desse papo de vó XD)
    Bjoo :***
    Nerd de Pijama

  2. Hahahaha! Ri muito da história do encontro com o evangélico. Como assim, o cara é evangélico e gay? Isso pode?
    Digo isso porque todas as igrejas que eu conheço são contra os homossexuais, repetem ferozmente aqueles versículos nos quais constam que homem não pode se deitar com homem etc e tal, essas coisas daí que eu não consigo digerir e entender.
    Eu, se fosse homossexual, não me sentiria bem em um lugar no qual me consideram uma abominação.
    Mas o fato é que tem muita gente que prefere viver escondido e não assumir quem é. Não é fácil assumir quem somos, independente do que vamos assumir, mas é preciso pra que não vivamos uma vida de mentiras.
    Eu caio na discussão com todo mundo que vem falar que homossexualidade é uma opção, é uma escolha. Que tipo de pessoa escolhe ser alvo de violência verbal e psicológica?
    Claro que não é uma escolha! As pessoas se descobrem héteros, outras se descobrem gays, outras bissexuais, outras trans, outras sem gênero, outras gênero fluído etc e tal. Pra mim, é tão fácil entender tudo isso. Vejo tudo isso com uma naturalidade enorme. Não sei por que pessoas teimam em ralhar com esses assuntos.
    Eita, devaneei legal, hein? O seu post era sobre Tinder e eu já entrei em outros assuntos. Sou assim, hein. Se acostuma com os meus devaneios.
    Tenho gostado bastante de acompanhar o seu blog, moço.
    Prossiga!

    Beijo!

    Blog || Fan Page

    • Nana diz:

      hahaha. adorei teu comentário, Erica. é bem por aí mesmo… não é escolha, é uma orientação que a mente da gente vai nos dando enquanto estamos crescendo. é difícil até pra explicar… <3

  3. kkkkkkkkkkkkkkkkkk, ri demais com esse post! Namoro há mais de dois anos e nunca nem instalei o tinder ou outro por curiosidade, mas achar um grande amor nesses apps é quase impossível, mas vai que alguém já conseguiu, né? hahahaha! E no seu segundo encontro eu só fiquei imaginando a cara do rapaz quando lhe viu, kkkkkkkkkk. Beijosss

    http://apaixonadaporfinaisfelizes.blogspot.com.br/

  4. Hahahaha melhor post da vida!!!
    Como eu te disse no snap, eu conheci o meu "namorido" pelo tinder e já se passaram oito meses e ainda estamos firme e forte. Sei que as chances de isso acontecer são bem improváveis, já que a maioria só quer sexo, tanto que a minha intenção não era, nem de longe, encontrar um amor por lá, mas acabou acontecendo. Não sei se foi sorte, destino ou alguma outra coisa, mas agradeço mentalmente à pessoa que criou esse APP. ♡

    literarizei.blogspot.com

  5. HAHAHAHAHHAHAHAHA eu ri das suas experiências com o Tinder. Agora deixa eu contar as minhas, eu também resolvi baixar esse aplicativo de tanto uma amiga minha comentar. Já conversei com muitos caras e acredita que nenhum deles em nenhum momento falou nada de sexo casual ou coisas baixas comigo? Acho que sou muito sortuda, sério!!! 😀
    Eu poderia virar amiga de todos os caras que já falei nesse Tinder, a gente fala sobre trabalho, música, já adicione vários no fb pra conversar melhor HAHAHHAHAHA *-*

    http://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

  6. Marina diz:

    Minha amiga conheceu a esposa dela pelo tinder, então acho super
    possível rolar coisas sérias por lá, mas é bem difícil.
    Eu conheci dois caras EXTREMAMENTE legais por lá. Sério, pra CASAR.
    Mas eu realmente não estava pronta, estava sofrendo muito por amor ainda x.x
    O fato é que quando instalei tinha uns 30 caras ao mesmo tempo falando
    comigo e fiquei perdida, ai resolvi desinstalar.
    O problema é que hoje sem facebook não posso instalar novamente hahaha.
    Mas acho um perigo, nunca sabemos quem está ali e ainda mais: nunca
    entre no tinder por tédio. Sério, só da problema! ♥
    http://passaro-de-inverno.blogspot.com.br/

  7. Hahaha.
    O Tinder é f#$% msm… Ou melhor, as pessoas são f#$%!
    eu sempre me banho nesses teus textos e acho até desistir do jornalismo foi uma furada ruim pra um grande cronista.
    Não sei se o Direito é sua praia, não! Mas eu tenho certeza que és um bom cronista.
    Adorei o "Menina, eu estava tão louca…" kkkkkkkkk
    Vc merece uma página no jornal de maior circulação do Estado.

  8. Cris diz:

    Eu conheci meu marido pela internet, mas não foi pelo Tinder ou aplicativo/site do tipo, foi por um Fórum de Sakura Card Captors! Mas de início nem rolou nada, foi rolar muitos meses depois quando começamos a jogar Ragnarok rs Eu tinha uns 16 anos e ele 19, aí entre conversas e porings a gente acabou se gostando. De início ele estava todo receoso, porque já tinha namorado a distância uma vez e não deu certo. Como eu não era a outra, corri atrás e lacei ele de vez rs Esse ano vai fazer 10 anos que estamos juntos, e desses 10, 7 foram a distância com 6 horas de viagem entre nós. É muito difícil namoro a distância, mas é possível e eu sou a prova disso hahahahaha Foi meu primeiro e único namorado e espero que seja pra vida toda ♥ Mas concordo, a primeira vez que se conhece, é muito assustadora!!! Eu e ele demoramos umas 3 horas pra finalmente rolar um beijo, e olha que estávamos namorando pela internet fazia 6 meses! A primeira vez que ele veio na minha casa, para conhecer meus pais e eu conhecer os dele também foi muito tenso, mas no final deu tudo certo hahahahaha
    Beijos! =**

    • Nana diz:

      que coisa mais linda, Cris! <3 é por essas e outras histórias do tipo que acredito que o amor é o sentimento mais lindo que podemos ter. sem dúvida alguma, tu é uma dessas pessoas sortudas. mais amor e felicidade a vcs! <3

  9. Sempre leio o Gerson falando de Scruff e Grindr, então não me senti por fora heh
    Sou da turma que entrava em chat do Uol e depois ficava de conversinha no ICQ então tbm tenho uma boooa experiência com relacionamentos virtuais.
    Lembro que assim que liebraram Tinde rpro Windows Phone instalei mas demorei a usar. Tbm coemcei a usar em um dia de tédio e após um dia de coraçãozinho e xiszinho comecei a conversar com um mocinho que logo de cara foi me falando em tom de brincadeira que se eu esperava ver ou mandar fotos sensuais, nem era pra eu conversar com ele. Foi que foi que estamos há mais de ano juntos XD (masdemorou um bom tempo pra nos encontrarmos pessoalmente e três encontros depois é que foi rolar o primeiro beijo) Eu não esperava encontrar alguém pra me relacionar, fui despretensiosamente e acho que por isso que tem dado tão certo…
    Cê é doido de passar seu endereço! rs
    Beijo, Adriel!

    • Nana diz:

      ai, gzuis! to começando a acreditar que devo voltar a usar o app com mais frequência. hahahaha. tu é outra sortuda e merece demais ser feliz a lado do Daniel. torcendo aqui por a felicidade e amor de vcs! <3

  10. Amanda diz:

    Ai gente chorei de rir com esse post! Do jeito que sou desconfiada já começaria os encontros pensando "é um serial killer"! hahaha Bom, tenho uma amiga que encontrou o namorado dela no Tinder e eles são perfeitos um para o outro! <3 Te desejo sorte nos próximos encontros!!
    Beijos!!
    Blog Amanda Hillerman

  11. Oi Adriel!! Hahahahaha esse foi claramente o melhor post que li hoje, sério! Tenho cada experiência no Tinder também… e olha que não me encontro com ninguém! Sério mesmo, amei a crônica, me diverti bastante com o jeito que você escreve!
    Um beijão!
    Mile do vishamiga.blogspot.com

  12. Oi, Adriel!
    Durante o intercâmbio, eu utilizei o Tinder para conhecer pessoas novas e realmente conheci algumas pessoas bem legais e interessantes.
    Adoro seus posts e me divirto muito com suas experiências.
    Beijos
    Balaio de Babados

  13. Ou Adriel <3
    Então, eu moro com meu namorado vai fazer 2 anos e nos conhecemos no bate papo uol kk. e no Tinder ( ô perdição), eu fiquei um bom tempo com um guri (lindoooo) viajamos juntos e tudo, mas nada de namoro sério. E teve uma vez que marquei viagem com um rapaz que ama esportes radicais, foi incrível, paresiamos recem casados, mas foi apenas uma aventura, o que rolou na viagem ficou na viagem, e graças a Deus estou in love e feliz com meu "Boy magia" do bate papo. Beijos
    http://www.charme-se.com/

  14. HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA Eu fico imaginando o cara na porta e você morrendo de vergonha hahahahha eu era desse jeito também! E imagino a cara do rapaz quando vi você todo de roqueiro hahahahahahah ai Jesus! Mas é isso aí, histórias pra contar. Eu nunca usei esses apps porque né, já sou casada, nem deu tempo hahahaha mas acho que nem usaria, sabe? Nem curto muito. Beijosss Adriel!
    http://www.amandapaduan.com.br

  15. Carol diz:

    Hahaahahaha quantas histórias esse Tinder tem pra contar hein hahahahaha
    Imagino como você deve ter se sentido quando ele foi até sua casa hahahaha
    Beijos
    BlogCarolNM
    FanPage

  16. HahahAHHA Seus posts sempre super engraçados!! Que situação (nos dois casos xD). NUnca instalei esses apps, tenho muito medo. Acho que já vi filmes de terror demais pra confiar em pessoas desse jeito xDD
    Sua lojinha no enjoei está ótima!

    Beijos!

  17. Kkkk adorei o post !!! RI muito da história .. Haha nunca usei esses após e pelo jeito não parece ser tão bom neh.. Kkk
    Beijos..

    http://www.mundodasfashion.com

  18. Hellz. diz:

    MENINO! NUNCA VOU CANSAR DE DIZER QUE ADORO TEU ESTILO DE ESCRITA! (SIM, nos meus dias de bloqueio criativo vou colocar seu blog na lista de lugares a visitar!).

    OLHA… já tive uma história com tinder. Eu achei que ia dar certo. Até que levei um chifre astronômico. foi horrível e eu apaguei todos esses aplicativos do demônio HAHAHAHA

    beijo
    beinghellz.blogspot.com

  19. Vou te dizer que eu era ratona de sites de relacionamentos na minha época. rsrs
    Eu nunca me metia em furada. Tinha um feeling, sei lá. rs
    Até que conheci meu marido e não precisei mais. Nem sei como que é a cara desse Tinder. rsrsrs

    https://fluxoconstante2.wordpress.com/

  20. Não consigo parar de rir desse seu segundo encontro, dscp AUAHUAHAUAHAUAHAU tô imaginando a cena e meu deus hahahahahh
    Nunca sai com ninguém do tinder, mas tem uns lá que valeria a pena arriscar viu hahah

    oh, wow, lovely ❁

  21. Olha que eu conheço um casinho de Tinder que virou namoro sério hein… Nunca se sabe…. Beijo querido!

  22. Bianca diz:

    Eu nunca usei tinder porque já era comprometida quando ele surgiu, mas conheci meu noivo num site de relacionamentos chamado okcupid, estamos juntos há quase 5 anos e vamos nos casar em julho. Claro que também já conheci vários outros que não valeram a pena, mas acho que isso poderia acontecer se eu os conhecesse em outro lugar como uma balada, por exemplo.
    Imaginei a situação do seu primeiro encontro hehe, eu sempre marcava em lugares públicos porque ficava morrendo de medo das histórias de psicopatas que escutava haha.
    Beijos
    Bluebell Bee

  23. Não acredito que destes a tua morada ao professor universitário, que perigo! Hoje em dia nunca se sabe, ainda era algum loco com sede de sangue haha. Pena que o segundo encontro também não deu em nada, mas é como dizes, essas apps são basicamente para comer e deitar fora. Há casos de relacionamentos que nascem daí, mas são muito raros 🙂

    Ricardo, The Ghostly Walker.

  24. Verdade, né? Antigamente relacionamento pela internet era coisa do capeta, agora que os aplicativos formalizaram os encontros, tudo ok. Mas realmente, tens que tomar mais cuidado quando convidar alguém pra tua casa… Olha quem fala, a louca impulsiva aqui hahaha mas ok. Eu não cheguei na era dos relacionamentos por apps, mas tive casinhos no orkut KKK #shameonme, nunca conheci as pessoas pessoalmente (ainda bem). Dai como namoro há 7 anos, tô bem de boas. Olha só, tu já ouviu falar no Happn? É uma versão mais classy do Tinder, pelo que dizem. Eles até estiveram na Campus Party dando uma palestra como case de sucesso… As minhas colegas do trabalho usam e uma está namorando sério um cara que ela conheceu por lá!
    Ai, preciso dizer que amo ler suas histórias por aqui, são tão espontâneas e engraçadas. Sério, teu blog é muito legal <3


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    • Nana diz:

      awwnnn. <3 que fofa! Thay, eu não conhecia o app, mas assim que li teu comentário, peguei o celular e baixei. infelizmente,até agora não encontrei ngm por lá. interior, sabe?! amanhã, quando estiver indo à faculdade, vou fazer questão de gastar meus dados no Centro pra ver se encontro algo. hahahaha. #desesperado

  25. Não usaria (mesmo se estivesse solteira) esse tipo de aplicativo por saber (infelizmente) dos preconceitos que o percorrem. Mas tenho amigas que estão namorando há anos graças ao Tinder ou que, ao menos, viveram uma boa paixão. O caso da maior lição emitida pelas histórias que citou, ao meu ver, foi o fato de que só se conhece MESMO é de perto, é dando tempo ao tempo, é criando intimidade. E o que poderia ter rolado com esse professor? Ficou o "e se…", quem sabe se você tivesse marcado em outro local mais "seguro", não é? Temos que ter cautela, mas não precisamos bater as portas. Adoro esse seu jeito despojado de trazer de tudo um pouco sempre. Um super beijo!

    SEMQUASES.COM

    • Nana diz:

      Van, depois de algum tempo eu topei com o professor na fila do supermercado que sempre ia. eu não reconheci ele, mas ele me viu e me cumprimentou. passei mó vergonha. =/

  26. Oi, Adriel!
    Tenho um amigo que até conseguiu um relacionamento pelo Grinder, mas acabou não durando muito hahaha eu costumo ficar puta da cara com ele porque ele simplesmente sai dando endereço e etc e meu, é perigoso hahaha mas ele não sabe sossegar a periquita, então eu tenho que entender.
    Beijoss
    http://www.vidaemmarte.com.br

  27. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK CHOREI DE RIR COM O POST, ADRIEL!
    Gente que loucura! Pode pensar que eu me auto-saboto, na verdade até eu estou começando a achar que faço isso, mas morro de vergonha sequer de conversar com os caras pelo Tinder (não é só por isso o negócio da auto-sabotagem, mas isso é outra história…)! Cheguei a instalar, de tanto que um amigo meu falava que dava uns beijinhos nuns boys magias ás vezes, mas não cheguei nem no primeiro match, hehe. Acho que não sirvo pra sites/app de relacionamento, hehe.

    Um beijo,
    http://winterbird.com.br

  28. As vezes eu penso em baixar mas fico com receio também. É meio complicado acreditar nas informações que as pessoas passam pela internet né? Claro que as vezes pode dar certo, tenho uma amiga que conheceu a atual namorada pelo Tinder e elas já estão juntas há um tempo 😀
    Mas, como você disse, nunca se sabe o que a pessoa é, pode ser arriscado.

    Beijos :*

  29. Ai Adri, você é comédia. kkkk'
    Não tem como não ri com essas coisas que acontecem com você! rsrs'
    Precisa contar mais momentos assim para nós. ó/
    E tu é muito doido, levar um estranho para dentro de casa kkkk

    http://www.jayhanadenardi.blogspot.com.br

  30. Oie, confesso que peguei trauma do tinder e você até já viu meu post falando um pouco né?kkkkkk, Sinceramente eu nem tenho mais ele no celular, mas gente ruim e estranha encontramos até fora dele isso não tem jeito, adorei o post seu jeito de escrever é super engraçado. Bjssss

    http://www.purpurinanasvaidosas.com.br

  31. Eu adoooro os teus posts, são muito divertidos e deixam tudo do teu jeitinho, não vejo nenhum blog como o teu por aí. ❤
    Já instalei o tinder uma vez mas não curti muito, sei lá, já conheci pessoas pela internet e sempre que eu ia conhecer pessoalmente era tenso hahahaha daí preferi não arriscar. Conhecer alguém pessoalmente é beeem mais legal.
    O bom é que te rendeu ótimas histórias né? A segunda é a melhor hahaha =)
    Beijos.

    http://www.letrasnagaveta.com

  32. Gabriela diz:

    Nem vou dizer qtos boys já peguei no Tinder rs
    O último estava a fim de coisa séria e eu pulei fora, pq acredito que o app é para socializar e não firmar. kkkk #EntendedndoresEntenderão
    Mas nunca se sabe, né?

    Bjs

  33. MORRI MIGO HAHHA
    Você me representa, sou um desastre tinderesco também. Mas nunca cheguei a chamar o boy em casa, e ainda bem que o seu não era um maníaco hahahah

    Adorei o o post <3
    Um beijo,
    Paloma
    surewehaveablog.com.br

  34. Nossaaaaa muita coragem levar alguém assim pra casa!
    Altas histórias hein gato?!
    Ah tenho uma amiga que diz que eu deveria conhecer novas pessoas e me fala pra instalar o Tinder, mas com a sorte que tenho não confio muito não hahahaha
    Já tem outra que uma amiga dela falou pra ela nunca instalar o Tinder…

    Beijosz!

  35. Eu tô no tinder desde o final de 2011 e tenho cada história, migo. Você não imagina. SHIUAHSIUHAUIHDUIHAUIDHUSHSUDHUIAHUIHSUIDH
    Teve rolê de cara que queria foder meu pé HUDIHAUISHUIH role que eu só andei de acompnhante com o cara, de mãozinha dada e nem uma bitoca…
    Um dia te conto todas.
    |‎Sorteio do livro: "Não há dia fácil"|
    | FB Page A Bela, não a Fera|