Vida de pobre #03: compras de roupas

Quem aí nunca passou por uma boutique e ficou namorando aquelas roupas lindíssimas e caras? Eu sempre, eu toda hora, eu a todo momento e #énoix.  

De verdade, sou a pessoa que mais sofre quando vai ao Centro da cidade, porque, tipo: se eu vou pagar conta, fico mais pobre; se vou comprar, a alegria dura até o momento em que a vendedora informa o valor de uma roupa que gostei. Resumo: sofrimento sempre. 
Não sou o tipo de pessoa que adora comprar milhares de roupas caras, de marca e bla bla bla. É desnecessário andar fazendo propaganda de marcas que nunca te darão um centavo. Por exemplo, nunca entendi esse lance de ostentar com aquelas calças/camisetas da Coca-Cola e Calvin Klein.

Nunca liguei pro valor/marca da roupa, porque pra mim o importante é estar bem vestido pagando pouco. Afinal, todas as roupas dentro de uma máquina de lavar são iguais: não tem essa história de mais cara ou barata. #aloukan #filosófa #teseguraLispector 
A gente que é pobre tem o costume de sempre andar em lojas de departamento e fuçar até o útero da mesma, certo? Se você não sabia disso, sabia que está fazendo tudo errado. Quando for novamente à uma loja, já fale pra vendedora: “onde tem liquidação/promoção?”. Essa é a forma de dizer: “sou pobre. Tô aqui olhando pra ver se encontro alguma brusinha que caiba no meu orçamento, que é semelhante ao meu benefício do Bolsa Família”. 
Não sei vocês, mas eu já entro nas lojas com o meu radar ligado. Geralmente acerto onde tem promoções e lá onde eu faço a festa. Não procuro aquelas camisetas, por exemplo, com várias estampas iguais. A gente tem que escolher uma bonita, mas que tenha poucas iguais, porque, né… Temos de ser “exclusivos”.
fotinha só pra mostrar que os rycos também passam por alguns vexames, mesmo usando roupa de marca.
Tem coisa mais chata do que andar por aí e ver alguém com a mesma roupa que a sua? A coisa piora quando se vive no interior. Em cidade grande você só faz cara de paisagem e segue com a sua vida, já em cidade pequena você tem de conversar com a pessoa, manter um sorriso falso e dizer que adorou que a outra pessoa também tem bom gosto. 
Sabe aquelas lojinhas de R$ 10/20? Corra pra dentro delas! Tenho uma amiga pobre, mas que nasceu com cara de ryca, que faz a festa por lá, e o melhor é que ela vai pra faculdade com as roupinhas baratas, deixando as riconas todas no chinelo. 
O povo rico paga R$ 600 numa bolsa/sandália/roupa, já a gente, meros pobres mortais, ‘tamo aqui gastando menos do que isso com roupas tão bonitas quanto as de marca e arrasando nas baladas, conquistando os boys que as rycas penam pra conseguir, achando que a roupa da boutique vai atrair eles. 

Ser pobre é chic, kirida! 

 Um beijo! 
42 Comentários

42 Comentários em "Vida de pobre #03: compras de roupas"

  1. Super concordo com tudo nesse post, e ainda adiciono: brechós! Nunca vi roupas tão únicas em lojas populares e nos brechós é o que mais tem. <3

    Abraço,
    omundodemis.blogspot.com

  2. Amooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo comprar roupa haha
    Assim como você não ligo muito para a marca, quando vou escolher uma roupa são necessário apenas três coisas, vê e gostar, vestir e me sentir bem, e o preço estar dentro do orçamento. haha
    Esse negocio de roupa de marca é mais ostentação do que produto de qualidade, tantas e tantas coisas que são de marca e estragam fácil.
    Bjs.

    http://www.jayhanadenardi.blogspot.com.br

  3. Oi, Adriel!
    Super me identifiquei com seu post.
    Nunca vi vantagens ostentar com roupas de marca. A única coisa que eu gasto mesmo dinheiro são em alguns tênis/sapatilhas/sandálias de marca porque eu sei que elas vão durar bastante e isso depende até da marca porque tem algumas que não duram duas andadas. Já roupa, eu vou mesmo na Riachuelo, C&A e afins porque ainda não sou ryca e mesmo se fosse, não me entra na cabeça gastar um valor exorbitante num pedaço de roupa.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio do livro Marianas | Participe do sorteio Mês das Mulheres em Dobro
    Porcelana – Financiamento Coletivo

  4. Adri, super concordo! E isso não vale só para quem está passando por alguma dificuldade financeira ou algo assim, mas para TODOS que podem ter consciência de que dá para acabar com muitas futilidades e ser feliz! Você já ouviu falar do "armário cápsula"? Aconselho demais que procure, porque é uma união ideal para a postagem, rs. Amei!

    SEMQUASES.COM

  5. Aqui tem essas lojas de R$10,00 até R$50,00 e eu adoro kkkkkkkkkkkk tem coisas elgais, só saber procurar. E eu fuço muito em loja de departamento também hahahahahah a gente tem essa habilidade, né? Rico só da uma olhadinha nas lojas e ja compra tudo, a gente tem que fuças até achar os melhores preços! Beijosssss

  6. Sempre me identifico com os seus posts, acho que já tá até chato começar os comentários assim, mas é a verdade hahah Também não ligo pra marca, até porque essas roupas de marca só tem o símbolo e o resto é a blusa lisa, e mesmo assim as pessoas pagam sei lá quantas dilmas tipo?????? Lojas de departamento e de 10/20 reais são o paraíso, sabendo procurar a gente acha tesouros hahah Mas ultimamente tô tentando passar longe desse tipo de loja pq tá foda $$$

    Bjs
    oh, wow, lovely ❁

    ps.: te indiquei pra uma tag lá no blog!

  7. Oiii 😀 aii adoro seriados adriel,conseguiu ver SMASH?
    ai nem me fale, ultimamente eu ando nem indo em shopping ahha porém agora no momento que estou passando eu quero mais comprar, e ser feliz ahahhahaa brincadeira hahaa ahahha então eu sou pobre, porque as vezes pergunto se está em promoção ou não ahahhahaa adorei ser pobre é chic sim kirida ahahhahahaha
    eu não to nem ai, compro roupa de fast shopping, compro bolsa de chingling, porque são baratas ahaah adoro!
    super me identifiquei com o seu texto ahahaha

    beijinhos :*
    japona.mairanamba.com

  8. Caramba, esse post me descreve hahaha. Tô amando essa série de posts, apesar de não comentar em todos, tô lendo tudo, viu? Quem nunca achou uma roupa maravilhosa e ficou louco pra comprar, e aí viu a etiqueta e pensou: "opa, não gostei mais"? Hahahhaha. Sério, é foda. E o pior é que até as lojas que deveriam ser mais em conta, tipo Renner, estão caras. Qualquer blusinha é 50 reais.

    Também não ligo pra marca, uma vez uma prima minha estava na minha casa e minha mãe quis cortar a etiqueta de uma calça dela porque era muito grande. Daí minha prima disse: "mas como assim, é de marca!! Não vai cortar não!", tipo ??? Uma marca não diz nada. Amei a frase que toda roupa é igual na máquina de lavar ahaha.

    Beijos =)

    http://www.letrasnagaveta.com

  9. Carol diz:

    Gostei muito desse texto e acho que isso vale para todas as pessoas, pobres, ricos, etc.
    Não entendo ostentar as coisas já que ninguém tá te pagando pra usar hahaha
    Já vi roupas em lojas mais populares muito mais bonitas que em outras super caras.

    Beijos
    BlogCarolNM
    FanPage

  10. Adoro seus posts, sempre com temas diversificados! Também acho que o mais importante é estar bem vestido, não importa a marca da roupa.
    Beijos.
    http://virandoamor.blogspot.com.br

  11. Nunca me preocupei com marcas, não curto muito isso. Eu apenas gosto de me olhar no espelho e me sentir bem, vendo o que estou usando!
    Abraços e adorei o post 😉

    http://www.ricknegreiros.com.br

  12. Eu sempre fico com cara de cú quando as pessoas gastam horrores só por ser uma blusinha de marca… Na verdade, as vezes nem de marca é haha Só pra dizer que pagou caro mesmo. Isso pra mim nunca importou e nem irá importar porque uma das primeiras coisas que faço depois de comprar uma roupa é cortar a etiqueta fora hahahah Eu AMO roupas básicas aka preto, branco, cinza… Então sempre tem, em qualquer lojinha e geralmente por bons preços. Mas hoje em dia, pagar mais de cinquenta reais em uma blusa, já se torna caro pra mim. Geralmente quando vejo que preciso de roupas novas – não tenho uniforme no trabalho e as minhas roupas estragam com rapidinho, af – eu já vou com uma limite pré-determinado na minha cabeça, mesmo que eu consiga passar no cartão. E eu olho absolutamente TUDO porque por mais que pareça perca de tempo, já achei algumas peças perdidas em promoção no meio de roupas da nova coleção, por exemplo. Loja de departamento né hahahah A mesma coisa quando compro sapatos… E coisas em geral. Tinha uma época que eu adorava ir pro shopping só pra procurar roupas, mas vi que não adianta comprar se não tiver necessidade. Aqui tem lojinhas de dez reais também, mas não vou muito porque eu nem tenho money pra isso kkkkkkkk Passo no cartão, nem que seja em uma única parcela, só pra não pagar na hora hahahh Eu nunca me incomodei com esse tipo de coisa e bem pelo contrário: fico orgulhosa quando elogiam alguma roupa minha e eu digo de boca cheia que custou menos de trinta reais 😛 Beijos!
    http://messtheclassic.blogspot.com.br/

  13. A Julieta diz:

    Rapaz, tu anima qualquer astral. Amo teu blog, sério.
    Nunca liguei pra roupas de marca. Compro o que gosto e me sinto bem usando. 🙂
    Um abraço.
    http://juliet-in-crisis.blogspot.com.br/

  14. Tu é muito engraçado, gostei do teu blog e já estou seguindo!
    Também acho besteira comprar roupas de marcas só para se mostrar! O importante é estar vestindo algo que você acha bonito e se sente bem! Eu ultimamente ando comprar sapatos mais carinhos porque eu sei que realmente vale a pena e que vão durar bastante, agora comprar só pra se mostrar é triste hem hahaha

    até

    jamilsonoliveirablog.blogspot.com

  15. nossa sou muito assim, sofro, e imagina que trabalho no maior shopping de Gyn, fico louca, mas sempre acaba nas lojas mais baratinha, que são ótimas também, forever, renner, riachuelo, c&a. Por ai assim. rsrs

  16. Tatiana diz:

    Eu sou o tipo de pessoa que não liga pra marcas, mas que tem um imã pra gostar de coisas mais caras. hahaha As vezes dá pra me mimar e acabar comprando, mas as vezes não. Uma loja que eu amo e estou sempre comprando lá é a Hering, não é a mais barata mas tem um preço bom, roupas boas e bem bonitas. E dá pra ficar bem surpreso com como dá pra comprar roupas bonitas em lojas com preço bom ao invés de comprar em lojas caras, além de dar pra comprar mais, né? O que é melhor ainda. hahaha Eu sou apaixonada em roupas e sapatos, então qualquer coisa que dê pra eu comprar mais eu tô aceitando. hahaha Infelizmente com sapato não é tão fácil porque meu pé é fresco pra caramba e se machuca com tudo, mas né, é a vida. hahaha Beijo, Adriel!

  17. Se vejo alguém com mesmo look que o meu eu faço a egípcia kkk, Tenho procirado comprar em época de promoção *.* As vezes compro algo de marca mas é pela qualidade e não marca, tipo meu tênis favorito é aquele do adidas que tem um tempão que não tenho mais e estou querendo comprar, aquele tenis foi meu parceiro no ensino médio todo kkkkk
    http://www.charme-se.com/

  18. Bianca diz:

    Eu nunca liguei pra roupas de marca, a maioria das minhas roupas são compradas em liquidação e em lojas populares. Acho que o importante é você se sentir bem com o que está vestindo. Adorei o post!
    Beijos
    Bluebell Bee

  19. Não acho um problema alguém usar a mesma roupa que eu. É desagradável quando alguém vai de par de jarra pra um mesmo evento que eu? Sim, muito. Mas não chega a ser um problema. E é impossível isso não acontecer comprando em fast fashion.
    Mas compartilho a dor de ser pobre e ter que passar batido pelas vitrines. rsrsrs

  20. Hahaha, super me identifiquei. E o pior pra mim, é que, no momento, nem nas lojas mais baratas to podendo me jogar, ainda assim né…
    Meu maior drama, é que todas as peeças pelas quais me apaixono são, normalmente, as mais caras. Da vontade de me bater, serio. E também odeio quando alguem usa a mesma roupa que eu, no mesmo lugar em que estou, que saco!
    C é muito engraçado hahaha ri demais aqui,
    grande bjo!
    http://www.insaturada.blogspot.com

  21. Adorei! Também não ligo pra roupas de marca, gosto de me sentir confortável gastando pouco e não uso DE JEITO NENHUM roupas com a marca estampada.
    É bem constrangedor encontrar alguém com uma roupa igual a sua, de verdade! Hahahaha. Eu costumava comprar bastante na C&A mas de uns tempos pra cá os preços estão lá nas alturas!
    Beijocas.
    Fê Cardoso
    http://www.baseadoemlivros.com.br

  22. SHIUAHSUIHUAIHSU
    Minha cara de ir no Brás ( já ouviu falar do brás?) e montar uns 5 looks com 100 reais HISUHAUIHSUIHAUISH
    |Sorteio do Livro "Cartas de um escritor solitário |
    |‎Document Your Life | Fevereiro 2016 |
    | FB Page A Bela, não a Fera|

  23. Taci Souza diz:

    RINDO MUITO DAS HASTAG QUE VOCÊ CRIA, falei até em caixa alta de tanta emoção no riso HAHAHAHAHA, sou dessas sim, e pobre nem precisa perguntar pra vendedora as peças da promo, a gente tem faro ligado e vai na direção das promoções do dia, vale mencionar também aquela velha pechincha que fazemos naquela lojinha de bairro mesmo, ou naquele centro da cidade que sempre tem aquele lugar dos pobres, aqui é conhecido como Barroquinha ou Lapa, isso mesmo vou fazer propaganda pra o pobrinho de Salvador que vim aqui nos comentários ficar sabendo da dica kkkkkkkkkkkkkkk, Adriel <3